25 C
Vitória
sábado, 11 julho, 2020

RJ: tiroteios aumentam 36% após intervenção militar

Mais lidas

Capixaba Natália Gaudio defende maior longevidade para atletas brasileiras

Após estar na Rio 2016, atleta quer Tóquio e não descarta Paris. Saiba mais!

Casaquistão desmente afirmações chinesas sobre novo vírus mortal

Embaixada chinesa na capital do país advertiu sobre nova doença com "índice de mortalidade superior à Covid-19"

Bolsonaro sanciona lei que suspende pagamento de parcelas do Fies

Os saldos das obrigações suspensas devem ser pagos de forma diluída. Saiba mais!

CNI: confiança dos empresários da indústria melhora pelo 3ª mês seguido em julho

As expectativas com relação aos próximos seis meses já são otimistas", destacou a CNI, no documento.Confira!

“Megaoperações policiais e militares se sucedem, cada vez maiores, com resultados pouco expressivos”, diz Observatório

O Observatório da Intervenção Militar no Rio de Janeiro fez um balanço dos quatro meses de intervenção militar no Rio de Janeiro, a partir dos números do Fogo Cruzado, laboratório de dados sobre violência. Com um decreto publicado no dia 16 de fevereiro deste ano, do governo de Michel Temer, o general do Exército Walter Souza Braga Netto, do Comando Militar do Leste, assumiu a segurança pública do Rio.

“Passados 120 dias da intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, megaoperações policiais e militares se sucedem, cada vez maiores, com resultados pouco expressivos”, diz o balanço. De fevereiro a maio, houve 444 mortes por policiais e 39 agentes morreram. O número de tiroteios teve um aumento expressivo passando de 2355 nos quatro meses pré-intervenção para 3210 nos últimos quatro meses.

O decreto que autorizou a União a intervir no Rio de Janeiro vai até o dia 31 de dezembro deste ano. No entanto, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, sugeriu nesta sexta (15) que a intervenção seja prorrogada por mais um ano, até o fim de 2019.

“Para melhorar a segurança pública, precisamos de medidas estruturantes, de integração das forças e de combate à corrupção. A intervenção prometeu tudo isso. Mas só está entregando operações, tiroteios e mais mortos em confrontos, inclusive policiais. Até quando?”, questiona o Observatório.

*Informações da Revista Fórum


Leia mais

Senado aprova decreto de intervenção Federal no RJ
Intervenção no RJ: Governo vai destinar mais de R$ 1 bilhão
RJ: Pastores pedem respeito com a comunidade

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Amigos e artistas “Juntos pelo sertão” drive-in

Evento, que será realizado no dia 14 de julho, vai reunir artistas e preletores como Aline Barros, Isaías Saad, Gabriel Guedes, Juliano Son, Eli Soares, Hernandes Dias Lopes e outros.

Show drive-in do 3 Palavrinhas esse mês; Saiba mais!

O grupo infantil 3 palavrinhas vai se apresentar na Arena Sessions, no estádio Allianz Parque, em São Paulo dia 19 de julho Atenção criançada! O...

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Plugue-se

Fórum de Ciências bíblicas 2020: A Bíblia e a Criança

O Fórum de Ciências Bíblicas 2020, que terá temática para as crianças, será realizado nos dias 13 e 14 de agosto

Fé ativa: a base da vida cristã

O discipulado que produz cristãos que levam Deus a sério

Bíblia em áudio com inteligência artificial por aplicativo

Como outros aplicativos de meditação populares, o aplicativo Soultime, quando aberto, reproduz sons da natureza, como vento e canto dos pássaros.

Foi só um susto! Samuel, da dupla Daniel e Samuel se recupera bem

Samuel, que sofreu um infarto nesta segunda-feira, 7, segue internado na UTI de um hospital de Anápolis (GO) para monitoramento médico