26.6 C
Vitória
sexta-feira, 21 janeiro 2022

Itália: Instituição cristã abre hospital para pacientes de Covid-19

hospital_Itália-comunhao
Foto: Samaritans Purse

O hospital vai socorrer os pacientes com covid-19: “servir a Jesus na linha de frente”, diz a ONG cristã, Samaritan Purse. Instituição improvisada está equipada com 8 camas de UTI com ventilador, 20 camas de cuidados gerais, um laboratório e uma farmácia

A organização cristã dedicada à ajuda humanitária Samaritan’s Purse, liderada pelo pastor Franklin Graham, nos EUA, está atuando na Itália para ajudar a controlar a pandemia de coronavírus que ceifou quase seis mil vidas até agora. A entidade enviou um hospital móvel ao país e mão de obra voluntária.

Desde que o número de casos de pessoas infectadas pelo coronavírus começou a se multiplicar, as autoridades impuseram uma quarentena rígida em todo o país. Ao menos 60 milhões de italianos estão em casa, a não ser que seja para emergências alimentares ou médicas.

O pastor Franklin Graham destacou que enviar esta ajuda ao país é a única forma que o momento permite para atender ao chamado de Deus para compartilhar o amor de Cristo. “Este é o trabalho que Deus nos chamou. Queremos compartilhar o amor de Cristo e a verdade de que ‘Deus é nosso refúgio e fortaleza. Uma ajuda muito presente nos problemas”.

O missionário britânico C.T. Studd declarou: ‘Alguns querem viver ao som da igreja ou do sino da capela, mas eu quero administrar uma loja de resgate dentro de um quintal do inferno’”, escreveu o pastor em sua página no Facebook.

Cumprindo o Ide

A Samaritan’s Purse usou sua conta no Twitter na última terça (17), mostrando que o avião da organização estava levantando voo em direção ao país europeu. “Nosso DC-8 está a caminho do norte da Itália com um hospital de emergência de 68 leitos para cuidar dos infectados pelo #COVID19. Por favor, junte-se a nós na oração por todos os que foram afetados pelo #coronavírus”.

Edward Graham, o filho mais novo de Franklin Graham, é um dos que auxiliam o pastor a coordenar as ações da organização humanitária. Ele também usou as redes sociais para compartilhar informações sobre a ajuda ao epicentro da pandemia na Europa.

“A Itália está encurralada. Estamos voando para servir o Nome de Jesus nas linhas de frente do COVID-19. Por favor, ore por nossa equipe e funcionários do hospital que ajudarão o povo italiano durante um período de crise”, escreveu.

hospital_Itália-comunhao
Autoridades locais e funcionários da Samaritan’s Purse participam de uma cerimônia de dedicação. Foto: Samaritans Purse

Mortes na Itália

Nesta terça (24), a Itália se tornou o país com o maior número de mortes por coronavírus em todo o mundo, superando a China. O total chegou 6.820 mortes.

A região da Lombardia, no norte do país, foi a que mais teve mortes nas últimas 24 horas. O balanço oficial do governo italiano fala em 400 mortes. A região foi a primeira a ter casos comunitários de coronavírus na Itália e já acumulou mais de 4 mil mortes.

Na segunda (23), o país apresentou uma ligeira melhora nos números de mortos e de novos infectados, mas a situação ainda é grave. O pico de mortes até o momento foi registrado no sábado (21), foram 793 registros, segundo as autoridades de saúde da Itália.

*Com informações de CBN News

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se