24.1 C
Vitória
sábado, 15 maio 2021

Igreja é destruída por índios no interior de Pernambuco

Templo da Assembleia de Deus estava no início de construção foi destruído por Indígenas Trukás, que se revoltaram pois a igreja não tinha autorização legal para construir no local

Um templo em construção da Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Cabrobó (PE) foi destruído por integrantes de uma tribo indígena. A ação dos índios aconteceu no sábado, 24 e foi filmada. As imagens circularam nas redes sociais. Dezenas de índios derrubam tijolo por tijolo que já havia sido erguido.

Segundo os índios, o pastor da igreja, identificado como Jabson Avelino, teria zombado da crença dos indígenas Trukás durante um culto, e acabou sendo alvo de represália.

Os Trukás vivem na Ilha de Assunção, no meio do Rio São Francisco. Após tomarem conhecimento da atitude do pastor, os indígenas derrubaram a obra do templo, que ainda estava no início de construção. Local é onde vivem os Trukás.

Impasse

O cacique da tribo, Bertinho, divulgou uma nota de esclarecimento sobre a revolta da tribo. Em um comunicado, ele afirma que os Trukás nunca foram comunicados sobre obra alguma dentro do território indígena.

E sobre o pastor ele disse: “Nós não fomos às redes sociais difamar a religião de ninguém, pelo contrário, fomos nós que tivemos nosso sagrado desrespeitado pelo pastor”.

Por nota, a Assembleia de Deus informou que não tem responsabilidade sobre a construção da estrutura demolida pelos indígenas. E reconheceu que não há autorização para a obra. “Por não haver consenso com os moradores sobre a construção, não há autorização das autoridades para que a obra seja erguida. A igreja não incentiva e nem vai construir nenhum templo na região sem as devidas autorizações legais”.

O pastor Jabson confessou ter proferido um comentário infeliz durante uma live, mas se desculpou. “Nunca tive intenção de denigrir. Foi uma fala mal colocada por mim. Reconheço a minha infelicidade e aproveito o momento para me retratar com os amigos indígenas”, esclareceu.

Veja os indígenas destruindo a construção

*Com informações de Portal Tucuma

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se