Tecnologia no Dízimo – Igrejas da Europa já aceitam “Bitcoin”

Apesar de serem utilizadas apenas através da internet, as moedas virtuais podem ser uma tendência comum nas igrejas.

A mais famosa moeda virtual chamada de “Bitcoin” já está sendo uma forma de facilitar a vida de cristãos em uma igreja na Suíça. A “International Christian Fellowship” decidiu aceitar o dinheiro digital no dízimo. O bitcoin está cada vez mais popular no país.

A International Christian Fellowship é uma das maiores igrejas evangélicas da Suíça.  A denominação pentecostal decidiu adicionar a possibilidade de transferência de moeda digital para facilitar a vida dos membros. A utilização do Bitcoin é novidadepara as igrejas. Mas é uma tendência.

Para o Pastor Nicolas Legler, da Christian Fellowship, se trata de algo natural, especialmente quando a maioria dos membros é composta por jovens. O líder aposta na familiaridade deles com a utilização de tecnologias. A moeda virtual é apenas uma evolução desse processo.

“A criptografia será implementada, seja pela a Bitcoin ou outras moedas controladas pelo Estado. Estamos convencidos de que esta tecnologia será uma parte cada vez mais importante do nosso cotidiano”, disse.

A transmissão de cultos online, por exemplo, demonstra como a utilização de Bitcoin para doação de dízimos e ofertas pode ser apenas mais um recurso aliado às facilidades do mundo virtual. “Vinte anos atrás ninguém acreditaria que a Internet determinasse nossas vidas tanto. É um sinal dos tempos”, disse o Pastor.

Pioneirismo

A Igreja Anglicana de St Martin, em Londres foi a primeira a aceitar doações em moeda digital. Começou em 2014. Os membros da igreja podem usar seus smartphones para escanear um Código QR. E coloca em um totem na entrada do tempo para fazer o pagamento virtual.

Segundo o líder da igreja, pastor Christopher, “isso coloca a igreja em contato com os desenvolvimentos do mundo. Afinal, estamos em pleno século 21!”. Além da Inglaterra, a Igreja Anglicana já oferece essa possibilidade em alguns templos da Austrália.

Bitcoin

O Bitcoin foi inventado em 2009 por um desenvolvedor web desconhecido. Nenhum banco central o controla. E seu valor pode flutuar de forma selvagem. No ano passado, um bitcoin igualou US $ 900. Funciona anonimamente.