23 C
Vitória
quinta-feira, 2 julho, 2020

Com funerárias lotadas, igrejas cedem espaço para abrigar caixões na Itália

Mais lidas

Informais foram os mais afetados pela pandemia, revela Ipea

Por conta dos impactos causados pelo novo coronavírus, em maio, o grupo de informais recebeu em média 60% do que era esperado

Hoje é o último dia para pedir o auxílio emergencial

Prazo para novos cadastros termina nesta quinta às 23h59. Saiba mais! 

MEC define protocolo de segurança para volta às aulas

Cronograma das atividades deve ser orientado pelo governo local. Saiba mais! 

Brasil chega a 60 mil mortes por covid-19

O país soma 1.488.753 casos acumulados da doença. Saiba mais! 

Muitos outros caixões estão se acumulando nas igrejas. “A capela do hospital em Cremona parece mais um armazém”, revela agente funerário da cidade. Confira!

O coronavírus está roubando dos italianos a chance de se despedirem de entes queridos. Muitas vítimas de covid-19 estão morrendo em isolamento hospitalar sem família ou amigos. Isso significa que os cadáveres estão sendo selados imediatamente.

Visitas são proibidas porque o risco de contágio é muito alto. De acordo com autoridades de saúde, ele ainda pode sobreviver nas roupas por algumas horas. De acordo com Andrea Cerato, que trabalha em uma funerária de Milão, “essa pandemia mata duas vezes”.

“Nessa situação sem precedentes, esses agentes funerários se veem como famílias substitutas. Amigos substitutos. Até sacerdotes substitutos. Isso ocorre porque as pessoas próximas àquelas que morrem do vírus geralmente ficam em quarentena. “Assumimos toda a responsabilidade por eles”, diz Cerato.

Por causa desta pandemia, os agentes funerários tampouco podem ter qualquer contato com as famílias dos mortos. Familiares ainda tentam passar notas manuscritas, objetos com valor sentimental, desenhos e poemas, na esperança de sejam enterrados ao lado de seus entes queridos.

O mais difícil para Cerato é não conseguir aliviar o sofrimento dos enlutados. Em vez de contar às famílias tudo o que poderia fazer, ele agora é forçado a listar tudo o que não pode mais fazer.”Não podemos vesti-los, não podemos pentear seus cabelos, não podemos maquiá-los. Não podemos prepará-los para parecerem bonitos e em paz. É muito triste”, conta.

Caixões em Igrejas 

A indústria mortuária está sobrecarregada e o número de mortos continua aumentando. Até agora, a Itália é o país com mais mortos por coronavírus, são mais de 6 mil no total.  Necrotérios de hospitais no norte da Itália estão lotados de cadáveres.

Muitos outros caixões estão se acumulando nas igrejas. “A capela do hospital em Cremona parece mais um armazém”, diz Massimo Mancastroppa, agente funerário da cidade.

Na última semana, em Bergamo, cidade com maior número de casos na Itália, moradores assistiram em silêncio enquanto um comboio de caminhões do Exército dirigia lentamente mais de 70 caixões pelas ruas.

*Da Redação, com informações da BBC News.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Kemuel e o fenômeno da música “Algo Novo”

Com quase cinco milhões de vies no Youtube, "Algo Novo", tem impactado a vida de muita gente e diversos testemunhos de cura 

“Quando o sol se põe” estreia dia 22, na Netflix

Filme é uma boa opção para todas as pessoas, independente da religião. Entre os atores de “Quando o Sol se Põe” estão a cantora Priscilla Alcantara, Lu Alone, Filipe Lancaster e Lito Atalaia

Denzel Washington e seu encontro sobrenatural com o Espírito Santo

O ator é bem conhecido por interpretar o papel de Malcolm X - um filme biográfico relacionado às atuais tensões raciais nos Estados Unidos e o Livro de Eli

Petição pede cancelamento de filme que descreve Jesus como lésbica

A petição, que já conta com mais de 137 mil assinaturas, é da Comissão Cristã de Cinema e Televisão internacional