Igreja na redução da vulnerabilidade social

Foto: Divulgação

Através de cursos profissionalizantes, igreja do ES está contribuindo para reduzir a vulnerabilidade social. “É a igreja cumprindo sua missão social na comunidade e fomentando o empreendedorismo local”, destacou o pastor Rodolmario dos Santos

Servir ao próximo é uma das premissas da igreja. Em Vila Velha (ES), a Assembleia de Deus Embaixada da Família, em Jockey de Itaparica, resolveu abrir as portas da comunidade para ofertar cursos profissionalizantes para mulheres.

Uma parceria com o Governo do Estado e a Associação de Moradores do bairro possibilitou a oferta de seis cursos através do Programa “Qualificar-ES”. São eles: Decoração de Festas, Design de Sobrancelhas, Maquiador, Confeitaria, Preparação de Salgados e Doces para Festas. O curso começou dia 14 de agosto. As aulas vão até outubro.

Foto: Divulgação

Ao todo, 300 pessoas participam do curso. O objetivo é capacitar mulheres em situação de vulnerabilidade social para o mercado de trabalho.

E agora elas terão uma oportunidade de aprender uma profissão e desenvolverem seus próprios negócios.

“Este projeto visa também o resgate da autoestima de mulheres de todas as idades e classes sociais, dando oportunidade de apreender, empreender e gerar trabalho e renda, por intermédio de cursos, oficinas, capacitações e palestras.

É a igreja cumprindo sua missão social na comunidade e fomentando o empreendedorismo local.”, explicou o pastor Rodolmario dos Santos.

Programa Qualificar-ES

O Qualificar ES foi lançado em maio pelo governo do Espírito Santo. É realizado em conjunto com o Programa Estado Presente em Defesa da Vida, atuando nos bairros com alta vulnerabilidade social. O objetivo é reduzir a criminalidade. Até 2022, a meta é ofertar 170 mil vagas.

“É um programa que estamos lançando e vai atingir 170 mil pessoas em quatro anos. Ter uma qualificação não significa que o emprego está garantido, porém, é um caminho que permite a pessoa ter uma ocupação e poder desenvolver seu talento, sua capacidade. A qualificação é um passaporte ao emprego”, afirmou o governador Renato Casagrande.


Leia mais

Transformação social a partir da igreja
Igreja solidária, igreja que ama