24 C
Vitória
quinta-feira, 22 abril 2021

Igreja de Volta Redonda (RJ) é interditada pela justiça

Assembleia de Deus, do bairro Laranjal, teve multa de R$ 50 mil fixada, após ser interditada. Decisão judicial foi tomada após solicitação do Ministério Público

Por Priscilla Cerqueira

A Igreja Assembleia de Deus, no bairro Laranjal, em Volta Redonda (RJ) foi interditada pela justiça. O motivo foi o não cumprimento dos decretos municipais de combate à covid-19 durante evento realizado no carnaval.

A decisão foi tomada na sexta-feira, 19, com base em uma solicitação do Ministério Público após flagrante de lotação do local, sem distanciamento social, e sem uso de máscara. O juiz da 6ª Vara Cível, André Aiex Baptista Martins, decidiu pela interdição do local e fixou multa de R$ 50 mil, caso a igreja descumpra a decisão.

A Central das Assembleias de Deus de Volta Redonda divulgou uma nota de esclarecimento ressaltando que “desde o início das ações de enfrentamento do covid-19, a instituição tem zelado pelo fiel cumprimento de todas as normas. Prova disso é que, até a presente data, não havia sido notificada ou autuada por infringir as regras”, diz o texto.

igreja-interditada
Foto: Reprodução

Ainda segundo a nota o que aconteceu “foi um fato isolado e situação atípica em razão do feriado e, se compromete a continuar cumprindo integralmente as disposições presentes no Decreto do Poder Executivo”.

Após a interdição determinada pela justiça, a Assembleia de Deus ainda não se manifestou sobre assunto. A decisão judicial cabe recurso.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se