25.5 C
Vitória
domingo, 16 maio 2021

Igreja vandalizada em MG: “morte ao cristianismo”

A Igreja Batista Avivar Poços de Caldas (MG) foi pichada no fim de semana com mensagens de ódio. Caso foi denunciado como tolerância e perseguição religiosa nas redes sociais

A Igreja Batista Avivar, em Poços de Caldas (MG), foi vandalizada na noite do último sábado (7). Vândalos picharam a fachada do templo com a frase “morte ao cristianismo”. E ainda desenharam um órgão genital masculino e um símbolo satânico na calçada da Igreja.

Segundo a TV Plan, uma emissora local, o pastor da igreja, Rubisnei da Silveira, considera a mensagem deixada pelos vândalos “um ato de intolerância religiosa”.

Imagens da câmera de segurança mostram um veículo ocupado por três pessoas estacionando na avenida Magda Pinto Amarante. Uma mulher e dois homens desembarcam do carro e iniciam as pichações. O pastor e os membros só perceberam as pichações quando chegaram na igreja pela manhã de domingo, quando iriam realizar o culto.

O caso foi denunciado nas redes sociais pelo vereador de Poços de Caldas, Marcelo Heitor (PSC). “Intolerância e perseguição religiosa em Poços de Caldas! Um perigo que se aproxima!”, disse ele no Facebook na segunda-feira (9).

“Minha solidariedade aos membros da Igreja Batista e de todos os cristãos da nossa cidade. Que Deus tenha misericórdia de todos nós!”, acrescentou.

*Com informações de TV Plan

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se