18.8 C
Vitória
sábado, 20 agosto 2022

Igreja subterrânea do Afeganistão pede oração em meio à perseguição

afghanistan
Foto: Unsplash

Os lares são avisados ​​para indicar em suas portas se há uma mulher com mais de 12 anos dentro, para que o Talibã possa levá-los

Por Marlon Max

Os cristãos no Afeganistão divulgaram um relatório em primeira mão detalhando os eventos que estão acontecendo atualmente no país, agora que o Talibã mais uma vez assumiu o controle do país. As informações são do site americano Christianity Daily.

De acordo com as informações do site, uma igreja clandestina que tem parceria com a Frontier Alliance International (FAI) revela que as décadas de trabalho em solo afegão resultaram em nada agora que os jihadistas islâmicos do Talibã tomaram Cabul e outros lugares.

“O que estamos testemunhando agora é a dizimação do país e do povo do Afeganistão. Estamos assistindo a vinte anos de trabalho e o fortalecimento de uma nação sendo destruída em um único dia”, disseram.

Esses fiéis seguidores de Cristo relataram que o Talibã tem uma lista de alvos que inclui os nomes de “cristãos conhecidos que eles almejam perseguir e matar”. Esses crentes não têm para onde ir, pois até mesmo a Embaixada dos Estados Unidos está extinta e não pode ser usada como uma zona segura para cristãos e qualquer pessoa que não queira ser capturada ou morta pelo grupo.

afeganistão
Foto: Unsplash

Além disso, segundo o Christianity Daily, cristãos afirmam que não podem ir para os países vizinhos devido ao encerramento dos aeroportos e das fronteiras. Enquanto aqueles que possuem aviões particulares podem ter uma chance de sair em segurança, aqueles que não têm acesso a eles não têm para onde fugir — exceto para as montanhas.

“O Talibã tem uma lista de alvos de cristãos conhecidos que eles perseguem e matam. A Embaixada dos Estados Unidos foi extinta e não há mais um lugar seguro para os crentes se refugiarem. Todas as fronteiras com os países vizinhos estão fechadas e todos os voos de e para foram parados, com exceção de aviões particulares. As pessoas estão fugindo para as montanhas em busca de asilo”, disse a igreja.

A igreja também revelou que o Taliban está atualmente conduzindo uma busca por meninas de casa em casa. Os lares são avisados ​​para indicar em suas portas se há uma mulher com mais de 12 anos dentro, para que o Talibã possa levá-los. Se o Talibã descobrir que uma família tenta esconder uma mulher de 13 anos ou mais, eles matam os membros da família, conforme informações colhidas pelo Christianity Daily.

“Se eles encontrarem uma menina e a casa não estiver marcada, eles executarão a família inteira. Se uma mulher casada de 25 anos ou mais for encontrada, o Talibã imediatamente mata seu marido, faz o que quiser com ela e depois a vende como uma escrava sexual “, explicaram.

Com informações Christianity Daily

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se