22.9 C
Vitória
domingo, 19 setembro 2021

Intolerância religiosa: Vandalismo em Igreja no Pará

Prédio da Igreja Adventista no interior do Pará foi pichado com palavras de baixo calão e símbolos nazistas: “Precisamos respeitar o diferente e ser respeitados”, diz um membro da igreja

Uma igreja evangélica do interior do Pará foi alvo de vândalos na última segunda-feira, 19. O templo da igreja Adventista de Alvorada da Amazônia, do distrito de Novo Progresso, no sudoeste paraense, teve suas paredes pichadas com mensagem de ódio.

Polícia civil está investigando como caso de intolerância religiosa. “Jesus está morto” foi uma das frases pichadas nas paredes da igreja, além de símbolos do nazismo. O crime teria ocorrido por volta das 4h e até agora o responsável não foi identificado.

“A gente acolheu com sentimento de tristeza, porque Alvorada é uma comunidade pequena e já ter essas manifestações é triste”, disse Ednilson, membro da Igreja Adventista, ao Jornal Folha do Progresso.

“A liberdade é um ponto central no pensamento cristão, mas ela tem que ser recíproca. Eu respeito o outro, mas também merecemos ser respeitados. Não somos contrários a quem pensa diferente, respeitamos diferenças, mas sem afrontar nossos princípios. Precisamos respeitar o diferente e ser respeitados”, acrescentou Ednilson.

igreja-pichada
Foto: Reprodução/ Facebook

*Com informações do G1 e Jornal Folha do Progresso

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se