20.1 C
Vitória
quarta-feira, 27 maio, 2020

“Igreja nominal”: como combater essa tendência?

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Toffoli tem resultado negativo em novo exame para coronavírus

Toffoli fará novos exames para descartar 1 falso negativo. Ele foi internado no sábado (23) para realizar uma cirurgia de drenagem de abscesso

Empresários de mais de 100 festivais de música do país assinam manifesto

Grupo se mobiliza para abrir rodas de discussões em busca de saídas e acompanhar a tramitação da Lei de Emergência Cultural no Congresso

Entenda as diferenças entre a caminhada e a corrida

Quem está fora de forma deve iniciar pela caminhada, mas não precisa obrigatoriamente seguir para a corrida com o passar do tempo.

Ministério da Saúde orienta construção de hospitais de campanha em último caso

O Ministério da Saúde divulgou as regras de financiamento para a construção de novos hospitais de campanha para o tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

Igreja nominal é uma tendência hoje no mundo por conta do esfriamento dos crentes. Pastor Roberto Silvado compartilha insights para que pastores e líderes fortaleçam suas comunidades

A Igreja evangélica brasileira cresceu nos últimos anos. Embora a quantidade de evangélicos seja relevante, as estatísticas não garantem que todo esse contingente esteja vivendo o evangelho de forma autêntica. Nesse cenário, é grande o número de pessoas que se dizem cristãs, mas são indiferentes à fé. É o que se pode chamar de igreja nominal.

Por isso, pastores e líderes devem estar atentos à saúde de suas congregações e acompanhem de perto o desenvolvimento da membresia. E oferecer espaço e para que cresçam no conhecimento de Deus e experimentem a nova vida em Cristo. O discipulado é uma poderosa atividade para esse fim.

Igreja nominal é uma tendência hoje. O pastor Roberto Silvado, da Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba (PR), elucida as causas e as consequências do esfriamento da igreja. Dá insights aos pastores e líderes que desejam lidar de forma apropriada com a situação. E deixa uma mensagem aos pais que querem fortalecer os filhos na caminhada cristã e se sente confuso e desanimado. Confira!

A igreja evangélica está enfrentando a triste tendência de caminhar para o “nominalismo”, ou seja, a vivência de uma fé cristã fria e indiferente. Poderia definir o que esse fenômeno significa e elucidar algumas consequências disso?

Roberto Silvado: “Cristão nominais” sempre existiram e sempre existirão no seio da igreja. Quando as tradições são resultado da experiência da geração anterior, surge o tradicionalismo, o qual contém a forma da tradição, mas sem a essência da experiência que produziu tal forma. A consequência do cristianismo nominal é a morte da vida orgânica da igreja de Cristo.

Por que esse fenômeno acontece?

A igreja evangélica brasileira está sofrendo um aumento no número de cristãos nominais em decorrência da combinação de vários fatores: O crescente número de famílias que são evangélicas a várias gerações; ênfase no entretenimento cristão em contraste com o ensino bíblico; o modismo “gospel” que vendeu uma “graça barata” sem arrependimento e novidade de vida; e a falta de discipulado bíblico e existencial, para transformar a cosmovisão pagã em cosmovisão cristã.

De que forma tal situação pode ser mitigada? Quais ações podem ser efetivas para combater esse mal?

Cada geração precisa ser alcançada com o poder transformador do evangelho. Cada discípulo precisa tornar-se um discípulo multiplicador: um discípulo que faz discípulos que fazem discípulos… É necessário praticar o discipulado do SER e FAZER, que transforme o ser humano em todas as suas dimensões existenciais.

De que forma os esforços do movimento “Igrejas que Intencionalmente Fazem Discípulos” (IIFD) entram nesse contexto? Quais ações estão sendo propostas?

O IIFD é um movimento catalizador de igrejas e denominações que estimula a visão e a capacitação para que o projeto divino seja concretizado. Assim, promovemos congressos, cursos, mentoria, networking, visitas e trocas de experiências.

O que um pastor ou líder pode fazer ao perceber que a membresia já não comparece às atividades da igreja ou está tendendo à frieza em relação à fé?

Aconselho que tal pastor ou líder busque a Deus em oração, para que Ele direcione esse processo de resgate. É fundamental que avalie qual é a proposta de “vida de corpo” que existe em sua igreja. Também é necessário realizar uma pesquisa com o objetivo de conhecer as necessidades e potencialidades das pessoas e, assim, iniciar um pequeno grupo de crescimento que seja “voltado para fora.

E o que diria ao cristão, seja ele líder ou não, que se sente desmotivado, desconectado e indiferente em sua vida espiritual?

“Buscar a Deus 24 horas por dia.” Essa foi a frase de um testemunho que mudou a minha vida. Envolva-se com alguém para servir em nome de Jesus, fazendo algo que seja expressão de seu dom espiritual. Dessa forma, a desmotivação desaparecerá. Busque um discipulador para acompanhar você em oração e apoio.

Como os pais podem ajudar e estimular seus filhos na vivência da fé cristã?

Sejam autênticos. Façam o básico. Orem com seus filhos antes de dormir. Quando os filhos estiverem na adolescência, orem com eles antes das provas; na juventude, mandem mensagens orando. Contem para eles as experiências que vocês tiveram com Deus ontem, não as de 20 anos atrás.

*Extraído de Homens Mentores, adaptado por Comunhão


leia mais

Igreja na redução da vulnerabilidade social
Transformação social a partir da igreja
Igreja solidária, igreja que ama

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Diante do Trono anuncia congresso online

Diante da pandemia do coronavírus, a banda anunciou o "Congresso Mulheres e Moças" online

GOD Brasil: Como anunciar o que o mundo precisa ouvir?

O God Brasil é um movimento que incentiva o evangelismo intenso no mundo inteiro em um dia

Fé e ciência em tempos de pandemia

Cientistas cristãos respondem questões de fé e ciência em tempos de pandemia. Uma mini Conferência online será realizada entre os dias 26 a 28 de maio sobre o assunto

Festival “VillaMix Em Casa Gospel”

O festival “VillaMix Em Casa Gospel” será dia 30 de maio, com transmissões no YouTube e Facebook. Ana Paula Valadão estão entre as atrações

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Em breve, primeiro single de Kemuel Worship Filhos: Lado B

“Algo Novo”, com participação especial de Lukas Agustinho, é o primeiro single do novo projeto de Kemuel 

Daniel Júnior canta “Deus cuida de mim”

Gerado em momento de dor, novo single de Daniel Junior está disponível nas plataformas de streaming, Ouça a canção!

Após saída do Ministério Zoe, Thamires Garcia em nova fase

Thamires Garcia anunciou sua saída do Ministério Zoe em janeiro para seguir carreira solo

Nasce uma estrela na música gospel: Gisa Garcia

Convertida à Cristo desde os 8, Gisa Garcia sempre ansiou em trocar o backvocal do funk pelo microfone principal, porém cantando louvores. E agora prepara seu primeiro EP na música gospel