“Deus quer enviar um avivamento para o Brasil”

Foto: Reprodução

A declaração é do pastor e conferencista internacional Sammy Tippit, que afirma que oração, avivamento e evangelismo são a base para se ter uma igreja multiplicadora

Fundador e presidente da Sammy Tippit Ministries há quase 50 anos, o pastor e conferencista Sammy Tippit vem sendo inspiração no mundo todo nas últimas décadas em avivamento da igreja.

Sammy tem sido uma voz líder entre os cristãos ao redor do mundo, pregando sobre a visão de multiplicação, baseada em cinco princípios da igreja do Novo Testamento, e que busca fazer o maior número de discípulos até a volta de Jesus.

O pastor esteve no Brasil, participando em abril, na cidade de Natal (RN), durante assembleia da Convenção Batista Brasileira (CBB) e falou sobre a base da multiplicação, que segundo ele, é primado na oração, no evangelismo e avivamento. E convoca pastores e líderes do Brasil a conhecerem e se envolverem mais com o movimento Multiplique. Confira!

Comunhão – Qual a correlação entre oração e evangelização?

Sammy Tippit – Primeiro precisamos entender o que é a oração. Ela é a comunhão de dois corações, o de Deus e o do homem. Quando oramos, estamos ouvindo sue coração e compartilhando nosso coração com Ele. Quando virmos o coração de Deus, poderemos ver Seu grande amor pelo mundo e nosso corações começarão a sentir o mesmo amor Seremos obrigados a compartilhar o evangelho. Seu grade amor eliminará todo o medo e nos tornaremos corajosos a compartilhar o evangelho com outras pessoas. Estude o livro de Atos e você verá esse padrão. A igreja o0ra, então se torna corajosa e proclama o evangelho. A oração prepara nosso corações para compartilhar a mensagem do amor de Deus. Mas a oração também prepara os corações daqueles que não têm Cristo para receber o evangelho. As maiores colheitas evangelísticas sempre ocorreram durante temporadas de avivamento. E essas temporadas sempre foram precedidas por grandes temporadas de oração. A conversão do coração humano é obra do Espírito Santo. A oração libera o Espírito Santo, que prepara os corações para receber o evangelho.

Que análise faz sobre o trabalho através da visão da igreja multiplicadora?

Uma das coisas mais importantes que acontece hoje no Brasil é o Movimento da igreja Multiplicadora. Deus quer enviar um avivamento para o Brasil. No entanto, por que Ele acrescentaria um grande número de novos crentes à igreja, se a igreja não estivesse preparada para ajudá-los a crescer em Cristo? Quando entendemos o movimento da igreja Multiplicadora, entendemos que há dois elementos muito importantes nele. Primeiro há evangelismo intencional. Segundo, há discipulado autêntico. Quando a igreja incorpora esses dois elementos, há uma explosão de crescimento. A igreja se multiplica. Acredito que esse processo multiplicador é o “novo odre” que irá conter o derramamento do Espírito de Deus. Estou muito animado com esse movimento entre os batistas brasileiros. Deus está fazendo grandes coisas.

O que precisa acontecer no Brasil para que haja uma grande colheita de vidas evangelizadas?

Foto: Reprodução

A primeira coisa que deve acontecer em qualquer grande colheita no reino de deus é um movimento de oração. Nós devemos buscar a Deus. O avivamento não acontece pela personalidade humana ou pela grande oração. Ele só acontece quando buscamos a face de Deus.

Quando ele vem, não há espaço para a glória do homem. Somente Deus será glorificado. Então, eu chamaria a igreja para orar por esta grande colheita. Em segundo lugar, devemos estar dispostos a deixar de lado qualquer pecado que atrapalhe o movimento do espírito de Deus em nossas vidas. Devemos nos tornar seguidores autênticos de Jesus, que estão crescendo em sua graça. O arrependimento entre o povo de Deus à semelhança do que um pastor romeno disse certa vez: “Os arrependidos devem se arrepender”. Terceiro, nunca teremos uma colheita no Brasil até chorarmos pro aqueles sem Cristo. Devemos nos perguntar: quanto tempo passo dede que chorei por meus amigos e familiares que não conhecem Jesus? O Espírito de Deus é atraído para o coração partido e espírito contrito. Quando estamos quebrados por outras pessoas, Deus se aproxima de nós. Finalmente, devemos obedecer a Deus. Muitas vezes os cristãos são bons para falar sobre o que precisamos fazer, mas não são tão bons em fazer o que precisa ser feito. Nós só precisamos obedecer a Ele. As letras dos hinos antigos ainda são relevantes: confiar e obedecer, pois não há outra maneira para ser feliz em Jesus.

Como se sente ao ver seus livros com suas experiências lançados nos anos 90, sendo incluídos no contexto da Igreja multiplicadora e influenciando vidas até hoje?

Estou animado e honrado por isso. Espero que sejam um catalisador para encorajar o reavivamento nas igrejas. Quando eu escrevi o meu livro Coração ardente, conclui falando sobre como fazer discípulos e multiplicar a igreja. Mas isso foi muito antes que se falasse sobre uma igreja em multiplicação. No entanto, eu havia experimentado o poder de multiplicar os discípulos como um jovem pastor. Acredito que esses livros oferecem alguns sobre as práticas espirituais da igreja Multiplicadora. Eu oro para que Deus os use para acender um fogo espiritual que queimará em todo o Brasil.

Sobre a sua biografia com o título “Não me envergonho”, que mensagem quis trazer?

Espero que as pessoas se tornem corajosas em Cristo. Eu oro para que Deus use o livro no sentido de permitir que os seguidores de Jesus vejam que não há pessoas muito difíceis de alcançar, nenhuma comunidade muito perigosa para o evangelho e nenhum situação difícil para Deus.  Deus me levou a alguns dos lugares mais perigosos da terra. Trabalhou poderosamente lá, muito além do que eu poderia ter imaginado. Espero que esses testemunhos encorajem todo pastor, obreiro e cristão da igreja. meu desejo é Deus usar esse livro para enviar avivamento a uma nova geração de seguidores de Jesus, que se tornarão ousados e alcançarão o Brasil, a América do Sul e o mundo para Ele.

Veja

*Extraído do Jornal “A Pátria para Cristo”/ Junta de Missões Nacionais


Leia mais

A Igreja deve governar a terra de forma ousada
Fábrica de Igrejas
Missões Nacionais lança livro sobre a Igreja multiplicadora

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!