A igreja na geração despaternizada e depressiva

A Bíblia é o único caminho para gerar em nós a paternidade

Tudo que nós, como Igreja, temos de fazer é ministrar a Palavra de Deus, trabalhando essa questão da paternidade, conscientizando os pais da importância da figura primeiramente do pai e do homem, que tem sido tão banalizada e desvalorizada dentro da atual sociedade.

Hoje há uma orquestração para fazer passar a ideia de que todo homem é machista, agressor, violento e abusador. E com isso os homens renunciado ao espaço da autoridade que deveriam ter dentro dos seus lares.

E muitos deles, omissos também, tem aberto mão da sua posição no lar como homem cristão, sobrecarregando as mulheres, que além de cuidar de si tem que chegar em casa e ainda assumir toda a responsabilidade na tarefa do lar e o cuidado com os filhos.

Então precisamos conscientizar os homens através da Bíblia que eles têm dentro da família e da sociedade o papel de macho alfa. A primeira coisa é conscientizar, e a segunda é acolher como pais espirituais aqueles que são desprovidos de paternidade para que sejam curados, restaurados e edificados de maneira que cresçam em sua vida espiritual.

A Bíblia tem conselho e direção para tudo. Mateus 5:48 nos exorta como cristãos para que sejamos perfeitos como perfeito é o Pai celestial. A Bíblia é o único caminho para gerar em nós a paternidade.


leia mais

Geração desconectada