27.7 C
Vitória
sábado, 13 abril 2024

Igreja faz campanha para ajudar as famílias afetadas pelo ciclone

Foto: Reprodução/ADRA

Cerca de 300 voluntários estão na região para atender as necessidades emergenciais da população

Por Patricia Scott [Agência de Notícias Adventistas]

No Rio Grande do Sul, a Defesa Civil confirmou nesta terça-feira (12) mais uma morte causada pela passagem de um ciclone extratropical pelo Estado. Com isso, chega a 47 o número de mortos. O governo decretou calamidade em 92 municípios.

São ainda 4.794 desabrigados [pessoas que necessitam de abrigo público] e 20.517 desalojados [aqueles que estão em outras residências]. Há ainda 46 pessoas desaparecidas. São oito em Arroio do Meio, oito em Lajeado e 30 em Muçum. Além disso, o último levantamento apontou um crescimento no número de municípios atingidos pelas chuvas, passando de 96 para 97, além de aumento no número de feridos, 925.

Diante desse contexto, a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA Brasil) amplia as ações de socorro na região com a campanha S.O.S Rio Grande do Sul. “Desde nossa chegada, vemos que a dimensão do desastre é avassaladora. Nossos esforços, embora significativos, ainda parecem pequenos diante do cenário. No entanto, cada gesto, cada auxílio é uma luz na vida de quem foi afetado”, detalha Daniel Fritoli, diretor da ADRA no Rio Grande do Sul.

- Continua após a publicidade -
Igreja faz campanha para ajudar as famílias afetadas pelo ciclone
Foto: Reprodução/ADRA

Instalada na cidade de Encantado, a Unidade Móvel de Lavanderia (UML) tem capacidade para processar cerca de 700 kg de roupas diariamente, funcionando 24 horas por dia. Com duas máquinas de lavar e secar industriais. Cada uma possui capacidade para 16 kg de roupas por carga. Esta unidade foi projetada para atender crises humanitárias.

“Estamos gratos pela oportunidade de servir e por poder contar com reforços como a UML. Juntos, podemos fazer a diferença na vida das pessoas e amenizar o impacto deste desastre”, ressalta Fritoli.

Nos últimos dias, cerca de 300 voluntários da ADRA estão focados nas necessidades emergenciais da população, como, por exemplo, a distribuição de kits de higiene, limpeza, colchões e água. A instituição tem colaborado diretamente com a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, como também as demais autoridades locais, tornando-se um ponto de referência para o auxílio na região.

Para contribuir com as ações da ADRA Brasil no Rio Grande do Sul, está disponibilizado o PIX: emergê[email protected] ou com cartão de crédito pelo link.

A entidade pede oração pelas famílias atingidas pelo ciclone. É importante compartilhar a #SOSRioGrandedoSul para ampliar a rede de apoio

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -