24 C
Vitória
quinta-feira, 22 abril 2021

Tentativa de golpe milionário na Igreja Deus é amor

Polícia está investigando uma tentativa de golpe no valor de R$ 194 milhões a Igreja Deus é amor. Denominação diz que golpistas usaram documentos falsos para comprar duas fazendas no interior do Piauí, em 2014 em nome da igreja

A Justiça recebeu um processo que cobra uma suposta dívida de R$ 194 milhões da Igreja Deus é Amor em Gilbués, interior do Piauí. A denominação alega que golpistas usaram documentos falsos da igreja, e cobram o valor milionário por uma suposta compra de duas fazendas no estado, em 2014.

As propriedades rurais têm 12 mil e 9.800 hectares, respectivamente. A igreja afirma que os contratos não são verdadeiros. “A Igreja Pentecostal Deus é Amor nunca, jamais, em tempo algum, firmou o instrumento contratual executado, tampouco recebeu a posse de qualquer fazenda”, afirmou a denominação.

Por conta disso, a Justiça pediu o bloqueio da quantia nas contas bancárias da igreja e determinou a penhora de 10% dos valores bloqueados.

Segundo matéria apurada pelo portal Uol, o autor do processo solicitou a extinção da cobrança alegando “questões de foro íntimo”. Isso ocorreu depois que a polícia e a Justiça foram acionadas pelos advogados da igreja.

Ainda não se sabe se a pessoa que assinou o processo tem envolvimento no caso ou se os golpistas usaram seu nome com documentos falsos. A Justiça de Gilbués pediu ao Ministério Público que investigue o caso. Nenhum valor chegou a ser sacado.

*Com informações do Uol

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se