24.9 C
Vitória
quinta-feira, 11 agosto 2022

Igreja constrói alojamentos para abrigar moradores de rua

Foto: Reprodução

A ideia é que os residentes permaneçam até 90 dias antes de mudar para habitação permanente ou transitória. Saiba mais!

Por Patricia Scott 

A Igreja Batista Meridiana em El Cajon, na Califórnia (EUA), em parceria com o grupo de construção Amikas e o prestador de serviços sociais Home Start, está construindo seis alojamentos. O objetivo é oferecer um ambiente seguro para a comunidade local sem-teto. O pastor Rolland Slade espera que a iniciativa sirva de inspiração para outras igrejas.

Ele revelou que as cabanas fornecerão alojamento de emergência para mulheres e crianças, principalmente mulheres veteranas com crianças. A ideia é que os residentes permaneçam até 90 dias antes de mudar para habitação permanente ou transitória.

“Então, em teoria, dentro de um ano, poderíamos ter cerca de 50 pessoas passando… talvez mais”, contou e continuou: “As plataformas das cabines têm 20 pés quadrados e os espaços internos são de 96 pés quadrados para cada cabine, tendo uma espécie de varanda para que eles possam sentar em uma cadeira e aproveitar a brisa.”
O pastor acredita que o período em que as pessoas estiverem nos alojamentos, a melhor coisa que a igreja pode fazer é “amá-las”. “É para isso que somos chamados. É o que faremos fazer.”

Os alojamentos estão sendo construídos em uma propriedade não utilizada pela igreja, apelidada de “Tumbleweed Village” por causa das ervas daninhas. Slade conta que entre a obtenção da licença e o início da construção dos espaços demorou quase três anos.
“Tem sido interessante, porque nunca construímos nada assim; a cidade nunca construiu nada parecido”, pontuou e frisou: “Nossa seguradora nunca tinha visto nada igual. Então, todo mundo meio que está aprendendo, e essa é a parte boa. Estamos aprendendo e fazendo da maneira certa.”

Expressão de amor
Slade afirmou ainda que a igreja não está tentando se tornar uma “prestadora de serviços sociais”. “Nós não estamos tentando dizer: ‘Ei, você mora na aldeia, você tem que vir à igreja'”, observou e concluiu: “Minha esperança é que ao fazermos um bom trabalho em amá-los, eles façam parte da comunidade, mas não são obrigados.”

Até o momento, segundo o pastor, a Igreja Batista Meridiana é a única envolvida no projeto. “As pessoas falaram comigo e disseram: ‘Sabe, pastor, você é o único que está fazendo isso; Por que você está fazendo?’ Bem, sou louco o suficiente para pensar sobre e testar as águas, por assim dizer”, disse ele, que se tornou o primeiro afro-americano eleito presidente do comitê executivo da Convenção Batista do Sul em 2020.

O pastor Slade não detalhou o número de voluntários que ajudam na construção dos alojamentos. No entanto, ele ressaltou os telefonemas chegam “todos os dias” de pessoas desejando saber sobre oportunidades de voluntariado para a construção.

“Espero que vejamos uma mudança de atitude”, enfatizou, acrescentando que “serão passos de bebê porque muitos definitivamente têm suas opiniões sobre por que uma pessoa está vivendo desabrigada”.

Todo o planejamento e a execução da ideia foram registrados. “Estamos documentando tudo o que fizemos para que a próxima igreja, que queira executar o mesmo projeto, seja auxiliada”.

Com informações The Christian Post 

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

Entre para nosso grupo do Telegram

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se