26.9 C
Vitória
terça-feira, 31 março, 2020

Igreja centenária é fechada no Irã

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Organização das Olimpíadas faz parceria com OMS

Governo do Japão e promotores dos Jogos de Tóquio estreitam laços com a Organização Mundial da Saúde para que coronavírus não comprometa em 2021

Elenco do Barcelona vai reduzir salários em 70%

Em comunicado oficial, Messi informou que o elenco do clube reduzirão seus salários em 70% enquanto continuar o estado de alarme na Espanha

Rivaldo lança campanha para arrecadar alimentos

Rivaldo, usou sua rede social para propor um desafio aos seus amigos para ajudar as famílias que não tem o que comer na quarentena

Presidentes do Paraguai, El Salvador e Guatemala pedem a proteção de Deus

A América Latina se prepara para o Covid-19: "É claro que vamos orar!". Saiba mais! Quando o epicentro da pandemia do Covid-19 passou da China...

Agentes do governo invadiram o patrimônio, trocaram fechaduras e derrubaram a cruz da torre.

Segundo a Agência Internacional de Notícias Assíria, agentes de inteligência iranianos atacaram uma igreja presbiteriana com 100 anos de história, em Tabriz, no Irã. Eles removeram a cruz de sua torre e a fecharam. O fato ocorreu no dia 9 de maio.

“Eles deixaram claro que o povo assírio não tem mais permissão para realizar cultos de adoração”, disse uma fonte ao ‘Artigo 18’, um grupo de advogados cristãos iranianos com sede em Londres.

Segundo a fonte, que integra a membresia da igreja, os agentes do Ministério da Inteligência e a Execução da Ordem do Imam Khomeini (EIKO) “entraram no complexo da nossa igreja e mudaram todas as fechaduras das portas, removeram a cruz da torre alta, instalaram alguns instrumentos de monitoramento e começaram a ameaçar e forçar nosso vigilante a sair de dentro do complexo imediatamente”.

A igreja é considerada Patrimônio Nacional. Mas foi “confiscada” após uma decisão do Tribunal Revolucionário em 2011. No entanto, os membros foram autorizados a usar as instalações até que as autoridades do governo iraniano a fecharam no início deste mês.

Risco e preocupações

A repressão à igreja ocorre em um momento em que os líderes do Irã estão publicamente reconhecendo a disseminação do cristianismo em toda a república islâmica e se preocupam cada vez mais com isso.

“Não tivemos outra escolha senão chamá-los para perguntar por que eles estavam se convertendo. Alguns deles disseram que estavam procurando uma religião que lhes desse paz. Dissemos a eles que o Islã é a religião da fraternidade e da paz. Eles responderam dizendo: ‘Todo o tempo vemos clérigos muçulmanos e aqueles que pregam do púlpito falarem uns contra os outros. Se o Islã é a religião da cordialidade, então antes de qualquer outra coisa, deve haver cordialidade e paz entre os próprios clérigos”, disse Mahmoud Alavi, ministro da inteligência da República islãmica

Cristãos das comunidades assíria e armênia históricas do Irã são uma minoria reconhecida, que geralmente são capazes de praticar livremente sua fé, desde que não abram suas portas para os iranianos nascidos muçulmanos. Os membros da igreja que evangelizavam muçulmanos já foram acusados de “ações contra a segurança nacional” e receberam longas sentenças de prisão.

“Muitas igrejas protestantes foram confiscadas no Irã. “Na maioria dos casos, o governo tem sido incapaz de reutilizá-las, especialmente se foram listadas. Então, elas normalmente permanecem como edifícios vazios, muitas vezes negligenciados, e que se transformam em ruínas antes de serem demolidos”, explica o diretor de defesa do artigo 18, Mansour Borji.

Hoje, o Irã ocupa a 9ª posição no ranking da Lista Mundial da Perseguição 2019, sendo a opressão islâmica e a paranoia ditatorial os principais tipos de perseguição contra os cristãos locais.

*Com informações de CBN News e Portas Abertas


Leia mais

Seguir a Jesus no Irã é uma escolha perigosa
Ranking aponta os 50 países que mais perseguem cristãos

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Coronavírus: Os eventos evangélicos que já foram cancelados

Devido a pandemia que se instalou no país por conta da Covid-19, muitos eventos evangélicos foram cancelados, suspensos ou adiados. Confira!

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Gospel Challenge: o desafio do melhor clipe! Aberta votação

Projeto inédito realizado pela Sony Music, o Gospel Challenge, que vai até 24 de abril, traz vários desafios para os cantores. Público também pode escolher o melhor clipe por votação. Saiba como!

“Superação” é o 10º álbum de carreira de Damares

"Superação" é o primeiro projeto musical no formato digital de Damares. Novo álbum terá 12 faixas. E já está disponível nas plataformas de streaming

Programas on-line para mentoreamento de homens e mulheres

Ministérios vão transmitir série de lives com objetivo de fortalecer as famílias e oferecer aos pastores, líderes e cônjuges ferramentas para o cuidado intencional, discipulado e mentoreamento

Vem aí o Festival de Cinema Cristão 2020

Entre as novidades do Festival desse ano estão a abertura para a categoria de filmes para surdos e mudos. Inscrições começam dia 1º de abril e vão até 30 de junho