Igreja atuante e solidária na saúde

Campanha mobilizada pela Igreja Universal levou cerca de 15 mil pessoas a compareceram aos postos de coleta do Brasil só em novembro. Foto: Universal

Campanha da Igreja Universal abastece 287 hemocentros. De janeiro a novembro, Grupo da Saúde mobilizou mais de 34 mil doadores

Igreja atuante e solidária na missão de voluntariado. Um exemplo é a igreja Universal, que, através do Grupo da Saúde, fez os estoques de sangue do país aumentarem. Só no mês de novembro, 15 mil pessoas compareceram aos Hemocentros do Brasil para doar sangue.

Na missão de salvar vidas, o grupo mobilizou 34.572 doadores desde janeiro. E 138 mil pessoas foram beneficiadas com as doações. Cada doação atende quatro pacientes que necessitam de sangue. Ao todo, 287 hemocentros do país foram abastecidos através da iniciativa.

Com as festas de fim de ano, os voluntários têm dedicação redobrada. “É nessa época que acontece o maior número de acidentes e também quando o maior número de pessoas se ausentam. Com isso, os estoques dos hemocentros caem significativamente”, explicou Eduardo Ribeiro, responsável pelo Grupo.

Igreja atuante e solidária

Muitas pessoas só dão importância para a doação quando precisam. Uma delas é a Marcely Souza, 18 anos, uma das beneficiadas pelo programa social.

“Após sofrer um grave acidente de moto, aprendi a dar valor para essa atitude tão generosa que, felizmente, salvou a minha vida. Os voluntários do Grupo da Saúde me visitavam constantemente no leito e me ajudaram, com palavras de incentivo, a ter esperança na minha recuperação. Em breve estarei 100% e desejo ajudar outras pessoas, como um dia fui ajudada”, contou.

Além da campanha de doação de sangue, a missão do grupo da Saúde da Igreja Universal é levar auxílio espiritual a todos os sofridos e aflitos no ambiente hospitalar. Foto: Universal
Doação de Sangue

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que de 1% a 3% da população de cada país seja doadora. No Brasil, a porcentagem é de 1,6%.

Apesar de estar dentro do padrão de doação recomendado internacionalmente, o Ministério da Saúde trabalha para ampliar o número de doadores, especialmente o de doadores regulares.

Dados divulgados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) mostram que 42,9% das doações feitas em 2017 foram de primeira vez, 42% de repetição e 15% esporádicas.

*Com informações de Igreja Universal


leia mais

Doação de sangue: Mais que um gesto de cidadania, um ato de amor cristão
Cristãos se unem em campanha para doação de sangue