24.9 C
Vitória
terça-feira, 21 setembro 2021

Timothy Keller: identidade cristã e dinheiro

“Deus quer que a nossa identidade reflita o caráter dele nos nossos negócios e empregos, mesmo que isso comprometa os lucros”

Por Marlon Max

Somente no Cristianismo o mundo é intencionalmente criado por Deus. O mundo não é criado por acidente e depois governado por Deus. Portanto, toda a criação de Deus – incluindo riqueza – deve ser aproveitada. No entanto, se nossa riqueza se tornar nossa identidade, permaneceremos em empregos insatisfatórios. Esse tipo de identidade baseada em riqueza leva a um isolamento perigoso não só para a vida profissional, mas também da vida pessoal.

O pastor e teólogo Timothy J. Keller aponta que nossa percepção do mundo molda nossas prioridades. Segundo ele, pessoas que vivem em função de um emprego ou de renda, se distraem no meio do caminho e passam a confundir sua verdadeira identidade com os resultados obtidos na carreira profissional. “Um dia conversei com um amigo que é produtor da MTV e ele me disse que não deixa a filha adolescente assistir ao canal que ele trabalha. Quando eu indaguei ele o porquê, ele simplesmente respondeu: negócios são negócios”, conta Keller.

Trabalhar apenas pelo dinheiro que se produz e não pelo impacto que isso pode ter na vida das pessoas é um erro, explica o pastor Timothy. “É nesse momento que abrimos mão da nossa identidade e deixamos o dinheiro nos guiar ao ponto de nos tornarmos servos exclusivos dele”. Ainda de acordo com Keller, não pensar nas pessoas ao redor, como empregados, clientes e financiadores indica que o lucro é o único objetivo, tudo isso em detrimento da própria identidade e sistema de crenças.

Nossa visão de mundo afeta todas as áreas da nossa vida, diz Timothy Keller. “Você pode pensar que é uma pessoa boa e gentil com os outros na sua igreja, no seu bairro e entre seus amigos, mas ser um chefe ou funcionário agressivo e sem compaixão. Cedo ou tarde os dois mundo vão se chocar e o que há de pior vai prevalecer”, alerta.

O renomado teólogo e pastor vai além e explica que é totalmente possível trabalhar de forma honesta, com integridade e lucrar muito. “Nós precisamos moldar em nós um comportamento e mentalidade que nos permita ser quem Deus nos criou para ser, refletir o caráter Dele em nós e ainda assim, ser extremamente lucrativo”, explica. “Deus chama seu povo para se levantar em lugares onde a luz dele não brilha”, diz Keller, e ensina que, “a maneira de fazer isso é reconhecendo nossa identidade e não abrir mão dos valores que aprendemos na Bíblia”, conclui.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se