22.1 C
Vitória
quarta-feira, 6 julho 2022

IBGE divulga coeficiente de desequilíbrio regional

Comunhão-IBGE
São considerados os rendimentos de trabalho e de outras fontes efetivamente recebidos no mês de referência da pesquisa. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

São considerados os rendimentos de trabalho e de outras fontes efetivamente recebidos no mês de referência da pesquisa

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou hoje (26) o rendimento nominal mensal domiciliar per capita e os Coeficientes de Desequilíbrio Regional (CDR) de 2021. Os valores se referem ao Brasil e às regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Os dados são calculados com base nos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua.

Para o Brasil, o rendimento nominal mensal domiciliar per capita foi calculado em R$ 1.367 em 2021. No Centro-Oeste, ficou em R$ 1.557, com CDR igual a 1. O Nordeste teve rendimento de R$ 839 no ano passado e CDR de 0,61. Para a Região Norte, o rendimento ficou em R$ 878 e o CDR foi calculado em 0,64.

Segundo o IBGE, os coeficientes são calculados com base nos valores de rendimentos regionais em comparação com a média nacional. São considerados os rendimentos de trabalho e de outras fontes efetivamente recebidos no mês de referência da pesquisa.

A divulgação do CDR atende ao Decreto 9.291/2018, que prevê a aplicação do valor na apuração dos encargos financeiros incidentes sobre as operações de crédito com recursos do Fundo de Financiamento do Nordeste (FNE), do Fundo de Financiamento do Norte (FNO) e do Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO).

Informações de Agência Brasil

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se