21.9 C
Vitória
terça-feira, 21 setembro 2021

Hora de mudar: 50% dos casais se separam antes de cinco anos

“Os momentos ruins não aparecem nas fotos, mas são eles que levam de uma foto à outra”

Por Marlon Max

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 30% dos casais se separam antes de completarem cinco anos de matrimônio. Outros 20% não passam dos dois primeiros anos. Os dados são de 2017 — ano mais recente do senso. A alarmante situação inclui casais cristãos, e até lideranças evangélicas. Os problemas que conduzem ao colapso do casamento são os mais variados, mas todos têm algo em comum: um desajuste.

De acordo com o pastor Nelson Júnior, do ministério ‘Eu escolhi esperar’, esse desajustes podem ser evitados, sobretudo entre os recém-casados. Nelson diz que o início do casamento é cercado de armadilhas e por isso o casal precisa estar vigilante. “Não existe um casamento nesse mundo que não vá enfrentar problemas”, diz.

Para o pastor, muitos se gabam por não trair o cônjuge ou cometer outros erros graves, mas se esquecem que coisas, consideradas de menor importância, podem estar minando as estruturas do casamento de forma silenciosa. “Os detalhes são extremamente importantes. Temos que superar os conflitos do início do casamento, pois todos vão se deparar com a fase do ajuste. É nesse momento que muitos se desesperam e colocam tudo a perder”, explica Nelson Junior.

casais
Foto: Unsplash

Os conflitos, conta o pastor, surgem da falta de afinidade e de ideias opostas. Muitas vezes isso é relacionado ao dinheiro, aos parentes, à rotina entre outros motivos. “Não há desculpas para nutrir brigas. Podemos fazer isso não levantando o tom da voz, não ‘jogar’ na cara dos outro os problemas, trazer erros do passado para a discussão e por fim se esquecer do amor que um dia os uniu”, conta.

Para vencer as estatísticas — que apontamos do IBGE, o casal precisa decidir construir um lar regado de compreensão, amor e perdão. “Grosseria gera grosseria, assim como gentileza gera gentileza!” Outro ponto de tensão entre novos casais é a rotina. Muitos se casam, mas não se dão conta que a vida e todo resto é planejado a dois. “A correria do dia a dia se torna um veneno com o passar do tempo no casamento. É preciso enfrentar isso o quanto antes e criar tempo de qualidade”, aconselha o pastor e orienta que os casais não passem tempo um na frente do outro usando celular e perdendo a conexão entre os dois. “Desliga esse celular”, reforça Nelson Junior.

Por fim, para vencer a apatia, brigas desnecessárias e ter um lar harmonioso, Nelson Junior aconselha os novos casais a serem criativos. “Façam coisas juntos, se divirtam, não deixem a chama que um dia uniu vocês se apagar pela indiferença ou pela rotina”, diz.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se