Homossexualidade não é compatível com a Bíblia

Foto: Reprodução

É o que diz um documento na Alemanha, assinado por 450 igrejas, representada por 40 mil cristãos do país. 

Pelo menos 450 denominações que pertencem ao grupo de Igrejas evangélicas livres da Alemanha se posicionaram sobre a fé cristã e homossexualidade. As instituições religiosas, representados por 40 mil cristãos no país assinaram o documento “lidando com Tensões. Sobre a homossexualidade nas Igrejas Evangélicas Livres”.

O documento (em alemão), com 11 páginas, foi lançado em esta semana. E inclui uma introdução hermenêutica, fundamentos de teologia sistemática e fundamentos de teologia eclesiológico-prática.

“Lemos a Bíblia como a Palavra de Deus. É a base da nossa fé, ensino e vida. Depois de afirmar a autoridade das Escrituras, acrescenta que o amor de Deus e o evangelho libertador de Jesus Cristo são para todas as pessoas”, diz o início do documento.

No texto, as instituições religiosas declaram que “a prática da homossexualidade não é compatível com o modelo bíblico. O casamento entre um homem e uma mulher e sua vida juntos como família é o modelo bíblico”, diz.

A Federação diz que as ciências humanas não deram uma resposta definitiva às causas da homossexualidade, e admite que não há um consenso sobre a viabilidade de mudar as orientações homossexuais.

“Aqueles que se preocupam pastoralmente com pessoas com orientação homossexual devem ter em mente, que o pecado tem sempre uma dimensão tanto geral quanto pessoal”, diz o documento.

*Com informações de Evangelical Focus


Leia mais

Augustus Nicodemus fala sobre seu ministério e temas como teologia reformada e homossexualismo
Um engano chamado “Teologia gay”

Aproveite as promoções especiais na Loja da Comunhão!