18.9 C
Vitória
quinta-feira, 29 julho 2021

Burden: resgatado pelo amor ao evangelho

Baseado numa história real, ‘Burden’ fala de um rapaz que decide abandonar um grupo racista, é acolhido por um pastor negro e acaba se rendendo ao evangelho

Em fevereiro chega às telonas dos EUA “Burden”. O filme fala de um ex-membro da Ku Klux Klan (KKK). Nome de três movimentos distintos dos EUA, passados e atuais, que defendem correntes reacionárias e extremistas. Mas sua vida foi transformada pelo evangelho.

“Burden” é uma história real. Trata-se da história de Michael Eugene Burden Jr., que em 1996 abriu a loja Redneck Shop e o Klan Museum em Laurens, Carolina do Sul, exibindo parafernália da KKK, incluindo uniformes e fotografias da Klan com capuz branco de linchamentos.

Mas depois de conhecer uma mulher que o convence a deixar o grupo racista, Burden renuncia sua a membresia e vende sua loja ao Rev. David E. Kennedy. Um pastor negro cujo tio foi linchado pela KKK.

A decisão de Burden de vender sua loja enfurece os membros da Klan, que buscam vingança. Como a KKK detém um tremendo poder sobre a pequena cidade, Burden logo se vê sem emprego e sem dinheiro.

Abrigo e conversão

Apesar de suas dúvidas, o reverendo Kennedy, pastor da Igreja New Beginnings, decide abrigar Burden, sua namorada e seu filho. Ao fazer isso, o pastor e os membros da comunidade deixaram de lado suas próprias dúvidas, na esperança de ensinar ao ex-membro do clã sobre amor e aceitação.

Graças à bondade, compaixão e graça do pastor, Burden se entrega a Jesus e é batizado. Em uma das cenas do filme mostra o momento em que o pastor abraça Burden, dizendo aos membros da comunidade: “Eu o vejo como um irmão em Cristo”.

Burden diz à comunidade: “Gostaria de saber se vocês podem me perdoar. Espero que Deus possa me perdoar”, diz.

O filme

O filme é dirigido pelo cineasta indicado ao Oscar, Robbie Brenner (“Dallas Buyers Club”) junto com Andrew Heckler. Estrelam o filme, o premiado ator Forest Whitaker e o cantor de R&B Usher.

“Burden” é baseado no livro de Courtney Hargrave, lançado em 2018, “Burden: A Preacher, a Klansman and a True Story of Redemption in Modern South” (“Burden: Um pregador, um Homem do Klan e uma História Real de Redenção no Sul Moderno”).

Assista ao trailer

*Com informações de Christian Post


leia mais

Zagueiro Neto: “não desista dos seus sonhos”
Olivier Giroud: “Falo da minha fé sempre que posso”

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se