22 C
Vitória
quinta-feira, 6 maio 2021

Os Hinos continuam populares nos cultos

Foi o que constatou uma pesquisa da LifeWay, feita com mil pastores de igrejas evangélicas dos EUA. Os hinos ainda prevalecem nos cultos das igrejas

Por muitos anos os hinos foram entoados nas igrejas evangélicas brasileiras. E impactaram a vida de milhares de pessoas. Um estudo da LifeWay revelou que o hino tradicional ainda é uma parte estimada do culto da igreja.

O estudo foi realizado com mil pastores. E descobriu que a maioria das igrejas continua retendo hinos em seu repertório musical.

A pesquisa apontou que mais de dois terços (69%) dos pastores entrevistados usam hinários regularmente em suas igrejas. E só perde para a música tocada ao piano.

“Como os livros impressos, os hinários estão longe de serem obsoletos. Indivíduos e grupos ainda lideram congregações cantando juntos a cada semana”, afirmou Scott McConnell, diretor executivo da LifeWay Research.

Adoração na igreja

A pesquisa também apontou que a adoração é uma área da vida da igreja onde há pouco conflito entre o pastor, a equipe de louvor e a congregação.

Apenas 15% dos pastores disseram que as preferências de adoração de sua congregação eram o maior desafio enfrentado por sua igreja. E apenas 5% dos frequentadores da igreja disseram que mudariam de igreja se o estilo de adoração mudasse.

Mais de três quartos (79%) dos pastores disseram que o piano era uma parte regular do culto de sua igreja, enquanto os pentecostais eram a denominação mais provável (82%) de ter uma banda de louvor.

Isso não quer dizer que o órgão também seja obsoleto, com quase metade dos pastores pesquisados ​​(47%) dizendo que o órgão fazia parte regular de seu culto.

*Com informações de Christian Today


Leia mais

Músicas que formaram a identidade da Igreja
Música na igreja: todos os ritmos convêm?
Hinos da harpa ganham versão em desenho animado

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se