23.4 C
Vitória
sábado, 4 julho, 2020

Músicos da Hillsong United se emocionam com testemunho de preso e decidem ir à prisão

Mais lidas

Flexibilização do isolamento pode ter levado 1,1 milhão de volta ao trabalho

Segundo a Pnad Covid, pesquisa divulgada pelo IBGE, de 7 a 13 de junho, a taxa de desemprego no País estava em 12,4%, ante 11,8% na semana anterior

ES: Igreja celebra aniversário com carreata, culto drive-in

Aniversário de 29 anos da Primeira Igreja Batista da Praia da Costa, em Vila Velha (ES) foi diferente. Além de uma live com o grupo Kemuel, teve a carreta da gratidão e o encerramento com o culto drive-in, com participação de Anderson Freire

Bolsonaro sanciona lei que torna obrigatório o uso de máscara

Medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União. Saiba mais! 

Desigualdades e baixo aprendizado são os maiores desafios na educação

Relatório do Inep aponta desafios para cumprir metas do PNE. Saiba mais! 

A banda recebeu uma carta em que preso detalhava como havia se convertido por meio das músicas do ministério Hillsong. 

Uma carta de um preso na prisão de Folsom, na Califórnia (EUA), tocou o coração dos músicos australianos da Hillsong United. Em seu texto, Lothar Preston  detalhou como havia vindo a Cristo por meio das músicas do ministério Hillsong. O testemunho encorajou a banda, que decidiu ir à prisão para visitar o novo amigo e louvar com os prisioneiros.

“Eu nunca sonhei que eu iria ver vocês”, disse o preso aos membros da banda Jonathon Douglass, Taya Smith e Matt Crocker. “É inacreditável”.

Preston disse que a melhor coisa que aconteceu na prisão foi quando eles tiveram acesso ao canal de TV da Hillsong. “Um dia na minha cela, ouvi o concerto de Miami e a música me tocou de uma forma que nunca mais fui o mesmo”.

Segundo ele, a música de Hillsong lhe ensinou a conhecer “o Espírito Santo, a graça e saber o quanto Deus me ama.” Douglass compartilhou como a banda esperava alcançar pessoas de todas as maneiras possíveis e até de formas que eles nem imaginavam.

Além de conhecer o autor da carta, a banda passou algum tempo com os prisioneiros, cantando louvores. “Estou seguro em dizer que acabamos de ter uma das experiências mais loucas e memoráveis de nossas vidas”, conclui Douglass após a visita à Folsom.

Para ele, o que viram foi “adoração de verdade”. Em outro vídeo, eles mostram como foi a apresentação na prisão feminina de West Virginia.

Em ambas as apresentações eles tiveram o apoio do ministério God Behind Bars (Deus por trás das grades), que lhes ajudou nos contatos. Refletindo sobre a experiência, os membros da United citaram as palavras de Jesus que os estimulou: “Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver” (Mateus 25:36).

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Juliano Son canta “Nada mudou”, do EP Tudo Novo

Canção é o quinto e último single do projeto musical Tudo Novo, de Juliano Son

Kemuel e o fenômeno da música “Algo Novo”

Com quase cinco milhões de vies no Youtube, "Algo Novo", tem impactado a vida de muita gente e diversos testemunhos de cura 

“Quando o sol se põe” estreia dia 22, na Netflix

Filme é uma boa opção para todas as pessoas, independente da religião. Entre os atores de “Quando o Sol se Põe” estão a cantora Priscilla Alcantara, Lu Alone, Filipe Lancaster e Lito Atalaia

Denzel Washington e seu encontro sobrenatural com o Espírito Santo

O ator é bem conhecido por interpretar o papel de Malcolm X - um filme biográfico relacionado às atuais tensões raciais nos Estados Unidos e o Livro de Eli