26.1 C
Vitória
sábado, 5 dezembro 2020

Guedes volta a defender fim de todas as indexações no orçamento federal

Leia também

Saúde necessita de investimento em governança de dados

"O País demanda urgentemente respostas e responsabilizações adequadas às empresas e órgãos que tratam dados pessoais sensíveis", afirma advogada Bianca Albuquerque

Operação Uruatu 2 faz buscas contra traficantes de animais

Segundo a PF, ao longo das investigações foram aprendidas centenas de animais silvestres no curso das investigações policiais

Governo anuncia operação de combate a crimes contra idosos

Após constatação de que o total de denúncias de crimes registrados por meio do Disque 100 aumentou durante a pandemia

Ele argumentou que o governo e o Congresso podem destinar orçamentos maiores para as duas áreas, independentemente da existência dos pisos constitucionais

Por Eduardo Rodrigues (AE)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu mais uma vez o fim de todas as indexações no orçamento federal, incluindo os mínimos obrigatórios para as despesas com Saúde e Educação. Como mostrou o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), o relator da Proposta de Emenda à Constituição do Pacto Federativo, senador Marcio Bittar (MDB-AC), irá apresentar parecer nesta quarta propondo a desvinculação dos pisos da saúde e da educação, medida polêmica que enfrenta resistências dentro do Congresso e na sociedade civil.

“É falso que a indexação proteja as áreas para Saúde e Educação. Quem protege os pobres não é a indexação, é o Banco Central que preserva o valor do dinheiro. A indexação é uma falsa promessa, são o Tesouro e o BC que protegem o salário do trabalhador”, afirmou Guedes, em videoconferência internacional organizada pelo Credit Suisse nesta manhã.

Ele argumentou que o governo e o Congresso podem destinar orçamentos maiores para as duas áreas, independentemente da existência dos pisos constitucionais. “A inflação está em 1,6% e praticamente dobramos valor para educação básica. Se preservarmos indexação, os gastos com Educação vão crescer só 1,6%. Além disso, gastamos 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em Saúde em 2020 porque precisávamos, não precisa indexar”, completou.

Apesar do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ter escancarado na semana passada o rompimento de relações com o ministro, Guedes negou que haja incômodos no trato com o Parlamento. “Temos uma relação muito boa com o Congresso, ao contrário do que os ‘fofoqueiros’ falam. Estamos nos concentrando em reformas estruturais novamente, com ênfase no Pacto Federativo, na Reforma Administrativa e na Reforma Tributária, que já está andando”, afirmou.

Guedes prometeu ainda uma reformatação no programa de privatizações do governo federal. “Vamos anunciar duas, três, quatro empresas grandes a serem privatizadas. E com a aprovação de novos marcos regulatórios, haverá um ‘boom’ de investimentos privados em dez anos em gás, petróleo e saneamento”, reafirmou.

Mais uma vez Guedes disparou contra outros países para tentar defender a política ambiental do governo de Jair Bolsonaro. “Nós não exterminamos os índios como nos Estados Unidos, nós miscigenamos os índios no Brasil. Agradeço preocupação com nossos índios e matas, dado o que vocês fizeram. Queremos todos preservar as florestas, fazemos o nosso melhor. Não conseguiram preservar uma catedral em Paris, imagina uma floresta do tamanho da Amazônia”, repetiu.

Também como em palestras anteriores, Guedes fez uma defesa enfática do cumprimento da regra de teto de gastos, mas voltou a alertar que o teto precisa ser complementado pelas reformas fiscais. “O teto precisa de paredes para não cair, e essas paredes são as reformas”, reafirmou.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Francisco Sagasti é o novo presidente interino do Peru

Ele é o terceiro a ocupar o cargo em apenas uma semana, depois que Manuel Merino renunciou, cinco dias após impeachment de Martín Vizcarra.

Congresso aprova convites para audiência com Anvisa e Butantan

Parlamentares esperam que, até sexta-feira, data prevista para a audiência, os testes estejam retomados - a Anvisa evitou estabelecer um prazo

Esse governo não vai aumentar os impostos, reitera Guedes

Ministro alegou que o imposto digital possibilitaria a desoneração da folha de salários para todos os setores

Comissão Mista de Orçamento tem instalação adiada após disputa de partidos

O bloco afirma que foi desprestigiado e que tem direito a uma vaga a mais para o PSC e outra para o PROS

‘Vamos fazer programa de substituição tributária’, diz Guedes

Ricardo Barros (PP-PR), afirmou ainda que não haverá aumento de carga tributária na proposta de reforma que o governo construirá

AGU: reeleição dos presidentes da Câmara e Senado é decisão interna do Congresso

Um dos temores do Tribunal é o de que nomes mais imprevisíveis e mais alinhados a Bolsonaro assumam o comando da Câmara e do Senado

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

O versículo mais lido de 2020!

O versículo campeão de leitura em 2020 é baseado em Isaías 41:10: “Portanto, não temais, pois estou contigo..." Saiba mais!

Novo álbum musical do Missionário R. R. Soares

O álbum "Em O nome de Jesus", com 12  músicas inéditas, foi lançado depois de cinco anos. Primeiro single do projeto está disponível em todas as plataformas e Youtube

Wilson Witzel é batizado em igreja evangélica

O batismo ocorreu um dia antes de Witzel protocolar sua defesa no tribunal misto, que julga o processo de impeachment dele. Saiba mais!

3 palavrinhas é indicado ao premio Gerando Salvação

Na categoria “Projeto Infantil”, o 3 palavrinhas, que é considerado o maior canal infantil gospel do mundo, concorre ao lado de Aline Barros e outras estrelas do segmento. Saiba mais!