27.3 C
Vitória
domingo, 29 novembro 2020

Guedes: estamos próximos de assinar acordo com EUA para evitar dupla taxação

Leia também

A única cidade no Brasil que não tem casos de covid-19

Com quase 1.200 habitantes, Cedro do Abaeté (MG) é a única cidade no país que não tem nenhum caso de covid-19. Saiba mais!

OMS: mais dados sobre vacinas são necessários

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom afirmou que vários países no mundo "conseguiram controlar a covid-19, e em comum entre eles, a testagem"

Parte dos pacotes com sementes contém praga inexistente

Outras 15 amostras continham gêneros que têm espécies quarentenárias ou espécies com potencial quarentenário

Segundo o ministro, as novas reformas e novas fronteiras de investimento em diferentes setores possibilitarão o crescimento

Por Thaís Barcellos e Eduardo Rodrigues (AE)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que Brasil e Estados Unidos estão próximos de assinar um acordo para evitar dupla taxação no comércio bilateral e em investimentos. Guedes participou do evento online US-Brazil Connect Summit, organizado pela Câmara de Comércio dos Estados Unidos. Guedes destacou que o governo está removendo riscos regulatórios para investidores estrangeiros. O ministro afirmou que é necessário clarear o horizonte de investimentos.

Sobre a política fiscal, Guedes voltou a citar os esforços do governo para reduzir gastos. “Desde que sou economista não lembro de um governo que tenha conseguido congelar salários do funcionalismo.” O segundo passo foi a redução do gasto com juros “Passamos décadas com taxas de juros insanas, que eram inferno para empreendedores.”

Guedes ainda afirmou que o governo seguirá com o objetivo de aumentar desinvestimentos e privatizações e que irá reduzir a dívida após a crise desencadeada pelo coronavírus. “Teremos que pagar pela pandemia, como uma guerra.”

Segundo o ministro, as novas reformas e novas fronteiras de investimento em diferentes setores possibilitarão o crescimento. “O Brasil terá crescimento sustentável, transformando onda de consumo em onda de investimentos.”

Investimentos

Guedes destacou que, em um ambiente de alta liquidez mundial, o Brasil é uma nova fronteira de investimentos e está pronto para cooperação. Segundo o ministro, a expectativa é de que o avanço da agenda de reformas, como as regulatórias e a tributária, faça o País “merecer” esses aportes.

O ministro ainda defendeu que, para competir com o avanço da China, é preciso integrar os grandes mercados americanos. Nesse contexto, o ministro disse que era favorável à fusão da Boeing e da Embraer, acordo que acabou sendo desfeito.

Gestão ambiental

No evento, Paulo Guedes, afirmou que as críticas feitas ao governo brasileiro em relação à má gestão ambiental e ao aumento das queimadas são um exagero e uma narrativa dos “perdedores da eleição.” “Essa história de matar índios e queimar florestas é um exagero. A Amazônia não queimou em um ano e meio, se algo está errado foi pelos últimos 30 anos.”

Guedes destacou que as fronteiras brasileiras são extensas, mas que o governo tem feito o melhor para preservar a floresta, com a ajuda das Forças Armadas. Segundo o ministro, só quem não conhece o Brasil pensaria que os militares não protegeriam a floresta. “Preservamos os índios, demos 14% do território para menos de 0,5% da população.”

Ainda no tema de sustentabilidade, o ministro também argumentou que o Brasil tem a matriz energética mais limpa do mundo. “Entendemos que temos papel importante em manter matriz de energia limpa.”

Inserção no mercado global

O secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Roberto Fendt, repetiu que o governo trabalha para aumentar a inserção brasileira no mercado global e destacou a busca por acordos comerciais com outros países e blocos econômicos.

“Um dos nossos objetivos é aumentar a integração na região e no mundo, e a celebração de acordos com os Estados Unidos é uma das prioridades do governo de Jair Bolsonaro”, afirmou, no evento online US-Brazil Connect Summit.

Fendt citou os tratados de facilitação do comércio, de melhores práticas regulatórias e anticorrupção que, segundo ele, serão a fundação de um acordo de comércio mais ambicioso. Ele lembrou que os EUA são o segundo principal parceiro comercial do Brasil

“Temos uma oportunidade única para fortalecer as nossas relações bilaterais. A parceria com os EUA é essencial para uma recuperação sustentável”, afirmou.

O secretário reforçou o compromisso do Brasil com a agenda ambiental, que é parte do acordo entre Mercosul e União Europeia “O processo de votação e homologação do acordo entre o Mercosul e a União Europeia é longo e sujeito a pressões políticas. O discurso ambiental com interesses legítimos de grupos de interesse afetam a opinião pública sobre os pontos positivos do acordo. Para nós, o acordo é um indutor do desenvolvimento sustentável”, afirmou.

Fendt enfatizou que o governo brasileiro tem tomado medidas para proteger as florestas e a biodiversidade. “As queimadas mostradas em imagens de satélites não são apoiadas pelo governo. São ações criminais que têm sido combatidas pelas autoridades”, completou.

Mike Pompeo

O secretário de Estados dos Estados Unidos, Mike Pompeo, afirmou que o Partido Comunista Chinês é importante para o comércio de Brasil e Estados Unidos, mas também é um enorme risco à segurança dos países. Por isso, Pompeo afirmou que o avanço de acordos comerciais com o Brasil é importante para diminuir a dependência dos dois países da China. “Queremos que os acordos com o Brasil avancem mais e mais.”

Brasil e EUA estão para assinar um acordo triplo: de facilitação de comércio, de melhores práticas regulatórias e anticorrupção. O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, afirmou que economia de livre mercado e democracia andam juntas. “Não podemos ter economia de mercado funcionando corretamente sem democracia”, disse, comentando sobre os objetivos comuns dos dois países.

Araújo e Pompeo também participaram do evento online US-Brazil Connect Summit, organizado pela Câmara de Comércio dos Estados Unidos.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

País quer elevar comércio com a Índia, diz Guedes

"Nossos olhos brilham como vemos acordos como o da Ásia, que integram toda a região", afirmou o ministro da economia

Guedes: transformar recuperação cíclica em autossustentável

Ministro admitiu que o governo vem falhando, porque ainda não conseguiu diminuir nem 1% nesta administração. "Falha nossa"

Guedes: ‘modelo baseado em gastos públicos já nos levou 2 vezes à hiperinflação’

Ministrou voltou a dizer que vai "derrubar" a relação dívida/PIB em 2021 e lembrou que o país ficará um ano pagando os gastos

País ainda está analisando e estudando questão do 5G, diz Guedes

"Sempre dissemos que iríamos dançar com todo mundo. Os EUA e a China sempre dançaram juntos e agora brigaram", diz o ministro

Alfinetada de Pompeo à China: “ameça a liberdade religiosa”

Durante viagem asiática nesta quinta-feira, 29, chefe da diplomacia norte-americana, Mike Pompeo, fez novo ataque à China. Saiba mai!

Guedes diz esperar que SP pague pela vacina

O presidente Jair Bolsonaro e Doria divergem publicamente sobre a obrigatoriedade da vacinação contra a covid-19

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

Funkeira Ludmilla no gospel?

Em live no Instagram, nesta quinta (26), a funkeira Ludmilla falou do desejo de apostar na carreira gospel e afirmou ter "recebido um chamado" para levar a palavra de Deus aos fãs. Saiba mais!

“40 Dias – O Milagre Da Vida” nas plataformas de streaming

Filme foi lançado no dia 15 de outubro, em mais de 200 salas em todo o Brasil. E agora será possível assistir em casa, pelo seu aplicativo. Saiba mais!

Superação: “Deus me cercou de anjos”, diz Chris Nikic

Chris Nikic, 21 anos, é a primeira pessoa com o distúrbio genético a finalizar o Ironman, a prova esportiva mais difícil do mundo. Saiba mais!

Natal dos Ribeirinhos! Ajude as comunidades da Amazônia

Ação, que realizada pela Sociedade Bíblica do Brasil, faz parte da campanha Luz na Amazônia, que promove assistência integral às comunidades ribeirinhas. Saiba mais!