24 C
Vitória
quarta-feira, 21 abril 2021

Guardado em silêncio: o papel dos cristãos no holocausto

Espetáculo, que aborda papel dos cristãos no holocausto será apresentado 14 vezes, entre março e abril, no formato de teatro online interativo

A CIA ALVO, especializada em retratar histórias de personagens bíblicos de maneira compreensível na contemporaneidade, apresenta o espetáculo “Guardado em Silêncio”, que aborda a questão do nazismo e o papel de cristãos em meio ao massacre do holocausto.

Na trama, um soldado alemão cristão presencia em silêncio, sua amiga de infância judia ser levada pelos oficiais nazistas durante a “noite dos cristais quebrados”, que em 1939, marcou o início do holocausto, e isso gera um profundo arrependimento, que passa a atormentar o protagonista dia e noite.

“O que preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons e esta mensagem está em uma das falas do espetáculo: Todos os dias alguém morre, porque alguém não fez nada”, explica Fabiano Moreira, diretor do espetáculo.

O holocausto aconteceu a luz do dia, enquanto as pessoas viviam sua rotina normalmente. Cerca de 6 milhões de judeus foram mortos em câmaras de gás instaladas em campos de concentração e extermínio.

“Durante o holocausto toda a humanidade era culpada do segundo pecado original. Cometido tanto por ação, omissão ou ignorância propositada”.

Genocídio do povo judeu

Houve uma vergonhosa indiferença do mundo diante da atrocidade que foi o genocídio do povo judeu. O papa se manteve neutro. Houve recusa por parte dos “Aliados” para bombardear os campos de concentração – para não “desviar o foco dos esforços de guerra”, durante a Segunda Guerra Mundial.

A população em geral se manteve silenciosa e de certa forma conivente, com exceção de alguns, que posteriormente foram homenageados e hoje possuem lugar no jardim do museu do holocausto com árvores plantadas com os seus respectivos nomes.

“Sei que quando estiver diante de Deus no dia do juízo final, eu terei que responder à pergunta que foi feita a Caim: Onde estavas quando o sangue do seu irmão estava clamando a Deus?”.

É neste contexto histórico e cenário caótico que se passa a peça “Guardado em silêncio”, trazendo uma reflexão sobre o arrependimento acerca da questão da omissão diante de uma tragédia, e ao mesmo tempo traz uma mensagem cristã sobre a necessidade de “renovação da mente” retratada no livro de Romanos 12:2 que diz: “E não sedes conformados com este mundo, mas sedes transformados pela renovação do vosso entendimento…”.

Serviço

Datas: Março (toda segunda-feira) e abril (toda segunda e quinta-feira)
Hora: 20h
Onde assistir:
Videoconferência via Sympla Streaming
Ingressos aqui
Valor: R$30,00
Quantidade de apresentações: 14
Informações: [email protected] | WhatsApp: (11) 98316-7188

Confira um trecho do espetáculo

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se