25.4 C
Vitória

Grupo de pesquisa capixaba busca vacina para leishmaniose

Leia também

Gilmar Mendes: ‘Se tivesse havido maior coordenação, teríamos muito menos mortes’

Ele lembrou ainda o impacto da realidade sanitária e da desigualdade social do País no agravamento da crise

Força-tarefa da Postalis e PF miram lavagem e fazem busca no RJ atrás de R$ 45 milhões

Ao todo os agentes cumprem seis mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro

Para delegado, abordagem de PMs a cliente negro foi ‘inadequada e truculenta’

Segundo a administração do shopping, ambos trabalhavam para uma "empresa de consultoria de segurança", que foi afastada

O grupo de pesquisa do Núcleo de Doenças Infecciosas e do Núcleo de Biotecnologia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), coordenado pelo professor doutor Daniel Cláudio Oliveira Gomes, está entre os 29 do Brasil selecionados pelo Fundo Newton, do Reino Unido, e pelo Conselho Nacional de Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap), para desenvolvimento de pesquisas voltadas às doenças negligenciadas, ou pouco apoiadas.

Com investimento de R$ 386 mil da Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes) e valor equivalente do Fundo Newton para despesas no Reino Unido, o grupo capixaba também desenvolverá na Ufes, em Vitória, os trabalhos que objetivam o estudo da resposta imune humana mediada por células memória durante as leishmanioses cutânea e mucocutânea. A pesquisa contará também com o apoio do grupo britânico liderado pelo professor Arne Akbar (University College London) e da Academy of Medical Sciences, em Londres.
Dentre as várias possibilidades, a equipe capixaba vem trabalhando ao longo dos anos no estudo da resposta imunológica humana durante a infecção por Leishmania, bem como no desenvolvimento de vacinas contra a leishmaniose humana e canina, ao qual emprega vias alternativas de vacinação e novas associações com adjuvantes para potencialização da resposta imune.

Para o professor Daniel Gomes, o aporte financeiro às suas pesquisas é importante visto a crescente preocupação com a leishmaniose, cada vez mais presente em centros urbanos e no Estado. “Como uma doença negligenciada, pouco interesse ou ações de suporte têm sido feitas, o que torna este apoio de extrema importância e essencial para a melhoria deste quadro”. Ainda segundo o professor, esta cooperação internacional oferece uma importante oportunidade para a formação de mestres e doutores capixabas ligados ao estudo, bem como para a transferência de novas metodologias e técnicas.
O diretor presidente da Fapes, José Antonio Bof Buffon, destaca a cooperação internacional, a internacionalização dos grupos de pesquisa do Espírito Santo e a qualidade dos investigadores e das pesquisas científicas dos capixabas. “A seleção pelo Fundo Newton, que reúne instituições do Reino Unido da maior importância mundial, demonstra a qualidade das pesquisas e dos cientistas capixabas, e reforça as ações da Fapes de estabelecer a cooperação internacional e a internacionalização dos nossos grupos de pesquisa”, defendeu.
O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), Guerino Balestrassi, reforça a importância da internacionalização dos grupos de pesquisas capixabas e brasileiros, a possibilidade do desenvolvimento sustentável e elevação da competitividade do Espírito Santo e do Brasil. “A iniciativa do Fundo Newton fomenta a publicação de artigos científicos e possibilita o desenvolvimento de inovações e o registro de patentes internacionais, que trazem divisas ao Estado”, ressaltou Balestrassi.

 Sobre a Doença

Dentre várias leishmanioses, a cutânea (pele) é uma doença que causa úlceras no rosto, nos braços e pernas, o que resulta em sérias deficiências físicas e problemas sociais. Já a leishmaniosemucocutânea, sempre derivada da forma cutânea, causa ulceração, seguida da destruição demembranas mucosas e do tecido do nariz, da boca e da garganta. São doenças perigosas que podem até levar à morte por infecção secundária das vias respiratórias.
Ambas as formas da doença se espalharam na América Latina desde a época dos Incas, sendo a Bolívia, o Brasil e o Peru responsáveis por aproximadamente 90% de todos os casos mundiais. Desde o início dos anos 1980 o número de pessoas infectadas tem aumentado consideravelmente, seguindo a migração sazonal de agricultores ou imigração de pessoas para regiões endêmicas.

 

 Sobre o Fundo Newton

Considerada uma das mais importantes iniciativas mundiais que busca, por meio do fomento à pesquisa e inovação, desenvolver, a longo prazo, o crescimento sustentável e o bem-estar dos países emergentes, O Fundo Newton é composto por iniciativas das UK Academies (Academias Britânicas), formadas por um grupo de quatro organizações que abrange: humanidades e ciências sociais (British Academy), ciências naturais (Royal Society), ciências médicas (Academy of Medical Sciences) e engenharia (Royal Academy of Engineering).
Lançado em abril de 2014 pelo ministro das Finanças do Reino Unido, George Osborne, em parceria com o Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa do Brasil (Confap), durante sua visita ao Brasil, o Fundo Newton investirá 27 milhões de libras esterlinas no país até 2017. O valor será igualmente distribuído entre instituições brasileiras e britânicas, que são responsáveis pela seleção e divulgação dos resultados. O Fundo é parte do compromisso oficial do Reino Unido de Apoio ao Desenvolvimento (ODA) para promover iniciativas para fortalecer o desenvolvimento social e econômico dos países emergentes.
O objetivo é apoiar pesquisadores brasileiros que estejam na metade de sua carreira para desenvolver projetos que permitam fortalecer a capacidade de pesquisa de seu grupo por meio de treinamento e colaboração com parceiro no Reino Unido. Os auxílios serão concedidos por até dois anos, podendo chegar a £37 mil por ano (aprox. R$165 mil), para pesquisadores das áreas de ciências naturais (incluindo engenharia, pesquisa clínica ou orientada ao paciente), ciências sociais e humanidades. Os interessados devem estar sediados no Brasil, tendo concluído o pós-doutorado há menos de 15 anos.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Plugue-se

Baltazar, o atacante brasileiro “artilheiro de Deus”

Conhecido como Baltazar, o "artilheiro de Deus", foi destaque na década de 80, atuando pelo Grêmio de Porto Alegre e hoje, aos 61 anos é pastor e empresário. Conheça essa história!

“Entre a vingança e o perdão”: superando as dificuldades

Deus e perdoa, e você? Embarque nessa viagem sobre superação e perdão com “Entre a vingança e o perdão” 

‘Fala, Pai’: podcast especial para homens

O "Fala, pai" apresenta  31 reflexões, com cerca de três minutos voltadas para os homens. Saiba mais!

Dia dos Pais: aqueça os corações com um bom filme

O Dia dos Pais é celebrado neste domingo, 9, mas que tal aproveitar o fim de semana para aquecer o coração com um filme especial?