Greve geral: Veja os serviços que serão afetados com a paralisação

Foto: Suport-ES

Após a aprovação da Reforma Trabalhista na Câmara de Deputados nesta quinta-feira (27), oito sindicatos informaram que vão parar. Varias categorias cruzarão os braços a partir das 0h desta sexta-feira (28), para manifestar o descontentamento com as novas regras impostas pelo Governo Temer.

O Sindirodoviários foi o primeiro a confirmar que vai paralisar as atividades. De acordo com o sindicato, durante o dia da manifestação, apenas 30% da frota dos ônibus da Grande Vitória deverão circular. Os sindicatos dos empresários de transporte, porém, entraram com um pedido de liminar, na Justiça do Trabalho, pedindo o cancelamento da paralisação. Ainda não há resposta da decisão judicial.

Os Shoppings da Grande Vitória garantiram que terão expediente normal. Já nas agências bancárias, foi aprovado em assembleia que não haverá expediente, retornando apenas na terça-feira (02).

A partir do meio dia, trabalhadores que estiverem nos piquetes da Grande Vitória deverão realizar passeatas em direção à sede da Findes, onde haverá um ato às 14h.

Confira quais são as categorias que vão parar as atividades:

. Correios: Os trabalhadores dos Correios entraram em greve por tempo indeterminado, nesta quinta-feira (27), em todo o país, e devem participar dos atos realizados em Vitória.

. Escolas públicas: De acordo com o sindicato dos trabalhadores em educação pública do Espírito Santo, não haverá aulas nesta sexta-feira (28).

. Escolas particulares: De acordo com o Sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo (Sinepe-ES), o funcionamento das instituições ficará a critério de cada diretor. O Colégio Marista cancelou as aulas.

. Faculdades: A Multivix cancelou as atividades. Já o Ifes, apenas o campus de Santa Teresa optou por paralisar as atividades.

. Sindicomerciários-ES: O sindicato dos trabalhadores em comércio do Espírito Santo manifestou apoio à greve geral, porém, não pôde garantir se as lojas estarão de portas abertas ou fechadas. A orientação do sindicato é que os trabalhadores participem das manifestações.

. Portuários: Os portuários de todas as categorias, não somente do SuportES, aderiram a greve geral desta sexta-feira (28).

. Sindisaúde-ES:  O Sindicato dos Trabalhadores da Saúde no Espírito Santo (Sindsaúde-ES) também participará da Assembleia Geral Unificada e do ato público contra a Reforma da Previdência e Trabalhista.

. Sindijudiciário-ES: O Sindicato dos Judiciários também participa do ato contra as reformas da previdência e trabalhista e convoca todos os servidores.

. Servidores Públicos de Vitória: O sindicato da categoria vai aderir à greve geral. As manifestações estão previstas para acontecer às 07h, na frente da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

. Servidores Públicos de Vila Velha: O sindicato da categoria vai aderir à greve geral e os servidores não trabalham na sexta-feira (28).

. Aeronautas: Pilotos e comissários de voo de todo País já estão em estado de greve. Nesta quinta-feira (27), será marcada uma Assembleia Geral para saber se os pilotos e co-pilotos também vão aderir à greve geral.

. Metalúrgicos:  O Sindicato dos Metalúrgicos do Espírito Santo (Sindimetal-ES) vai aderir ao movimento e os trabalhadores não vão trabalhar na próxima sexta-feira (28). O sindicator orienta ainda que os trabalhadores da categoria participem das manifestações;

. Fecomércio-ES: A Federação do Comércio do Espírito Santo divulgou um comunicado recomendando aos empresários que mantenham o funcionamento normal dos estabelecimentos.

. Supermercados: A Associação Capixaba de Supermercados (Acaps) disse que os estabelecimentos vão abrir normalmente, mas não explicou como os trabalhadores serão transportados caso os ônibus deixem de circular.