30.5 C
Vitória
sexta-feira, 4 dezembro 2020

Governo não planeja prorrogar GLO na Amazônia até 2022, diz Mourão

Leia também

Com fim do auxílio, desigualdade pode voltar aos anos 80

O auxílio diminuiu a diferença de renda entre os mais pobres e os mais ricos, o que pode ser verificado pela redução do índice de Gini

Transformador reserva é enviado a Macapá

O Ministério de Minas e Energia, revelou que a empresa tem sinalizado que o equipamento pode ser ligado ainda na segunda quinzena deste mês

‘Rachadinha’ é empecilho para candidatura de Arthur Lira

As investigações apontam que a "rachadinha" na Assembleia de Alagoas ocorreu, em parte, quando Lira ocupava um cargo no Legislativo estadual

Vice-presidete apresentou nesta quarta-feira, 28, ao presidente Jair Bolsonaro o planejamento de estratégias do Conselho da Amazônia

Por Emilly Behnke (AE)

O vice-presidente Hamilton Mourão negou nesta quarta-feira, 28, que o governo planeje prorrogar a Lei da Garantia e da Ordem (GLO) na Amazônia até 2022. Na segunda-feira, 26, ele havia afirmado que a GLO, que autoriza o empenho das Forças Armadas na região, seria prorrogada até abril de 2021. Mourão ressaltou que as Forças Armadas entendem que a partir de abril do ano que vem os órgãos fiscalizadores devam assumir as ações na região.

O vice disse que o seu compromisso com o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, até o momento, é manter as atividades da Operação Verde Brasil 2 até abril. “As Forças Armadas julgam que a partir de abril (de 2021) os órgãos de fiscalização tem que assumir por si só essa atividade que é deles, né. Então, nós temos que aguardar até lá para ver o desenvolvimento do que vai acontecer”, disse na chegada à Vice-Presidência.

Questionado se órgãos fiscalizadores, como o Ibama e ICMBio, seriam capazes de recompor seu efetivo para assumir as ações, Mourão opinou que uma alternativa mais barata pode ser encontrada até abril de 2021. “Pode não ser possível recompor (o efetivo), mas ter uma outra linha de ação, mais barata, vamos dizer assim, que caiba no nosso bolso, para que a fiscalização continue intensa. Ou remanejando gente de outras áreas seguidamente, ou aproveitando operações pontuais das Forças Armadas”, disse.

Na semana passada, o Estadão mostrou que o Ministério do Meio Ambiente vivenciava dificuldades orçamentárias e que os órgãos de fiscalização acumulavam dívidas, que levaram inclusive a paralisação das atividades do Ibama na região. O Ministério da Economia se comprometeu a liberar R$ 60 milhões que estavam bloqueados para a pasta.

Mourão apresentará nesta quarta-feira, 28, ao presidente Jair Bolsonaro o planejamento de estratégias do Conselho da Amazônia. O colegiado é liderado por Mourão e se reunirá na semana que vem, no dia 3 de novembro, para discutir o plano depois do aval de Bolsonaro.

“A pauta (da reunião) é apresentar o planejamento que nós vamos transmitir para o Conselho na semana que vem para que ele (Bolsonaro) concorde ou discorde”, disse. O documento, segundo Mourão, traz “um contrato de objetivos com os diferentes ministérios” para o ano que vem. A ideia é que os objetivos sejam “renovados a cada ano”.

De acordo com Mourão, a questão do desmatamento da Amazônia é apenas um dos tópicos da plano. “A gente se prende muito nessa questão de desmatamento, queimada, isso é uma coisa”, disse. Ele destacou que o documento é uma proposta geral para o desenvolvimento econômico da região aliado à preservação do meio ambiente.

“Acho que o ponto focal, principal, para a região amazônica, é que a gente tenha uma política de Estado consistente, que perdure no tempo, e que permita o desenvolvimento da região, que tá muito abaixo do restante do País, preservando o meio ambiente e gerando renda e emprego para as pessoas que moram lá”, declarou.

Viagem para a Amazônia

Mourão também afirmou que a viagem com embaixadores para a Amazônia está com o roteiro “fechado”, mas que ainda não sabe se o ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, participará. A visita à região com as autoridades ocorrerá entre os dias 4, 5 e 6 de novembro. O vice-presidente informou que entre 10 e 12 embaixadores da Europa e América do Sul devem participar da viagem.

“O ministro Salles por enquanto não me respondeu se vai ou não vai, ainda estou aguardando a resposta dele”, disse. Na conversa com os jornalistas, ele negou que exista um embate entre as alas ideológica e militar do governo. Na semana passada, Salles protagonizou conflito público com o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo. Na sexta-feira, 23, Mourão avaliou o ocorrido como “péssimo” e disse que o atrito deveria ter sido discutido pessoalmente.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Prorrogação da Força Nacional em penitenciária de Brasília

A Força Nacional atua na penitenciária desde 2019, pouco antes do então ministro da Justiça, Sergio Moro

Brasil e Israel: união para salvar Amazônia

O acordo entre Brasil e Israel tem o objetivo de contribuir para que o governo tenha mais dados para impedir as queimadas e o desmatamento na Amazônia. Saiba mais!

Governo busca saída legal se tiver de prorrogar pagamento do auxílio

O governo terá de incorporar mais de R$ 20 bilhões de despesas com o impacto do aumento da inflação e da prorrogação

Bolsonaro: críticas internacionais sobre agronegócio na Amazônia

De acordo com Presidente, o interesse de outros países não é na floresta, mas sim no que está "debaixo da terra"

Bolsonaro pede que países ajudem a combater comércio ilegal de madeira

O presidente voltou a mencionar o método desenvolvido pela Polícia Federal para rastrear a origem de madeiras apreendidas

Governo vai prorrogar novamente corte de jornada e salário

O governo publicou a primeira prorrogação do programa, elevando para até 4 meses o período em que as empresas poderiam aderir a uma das modalidades

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

Conferência Paixão pela Juventude 2020

Realizado pela Juventude Batista Brasileira, evento será online e acontece em duas datas. A primeira será neste sábado, 28, e a segunda, dia 5 de dezembro. Saiba mais!

Miniconferência on-line: “Fé e Ciência para Corpos e Mentes”

Cientistas cristãos brasileiros respondem questões de fé e ciência para corpos e mentes. Tema será abordado na mini Conferência online. Saiba mais!

Seminário de ciências bíblicas em edição virtual; começa hoje

Realizado há 20 anos pela Sociedade Bíblica do Brasil, evento incentiva o estudo e capacita líderes sobre o uso da Bíblia.

Grandes artistas do Brasil no “BH profetiza”

Realizado pela cantora Camila Campos, O BH profetiza vai reunir diversos cantores, entre eles Weslei Santos, Gai Sampaio, pastora Helena Tannure e outros. Evento será transmitido ao vivo, nesta terça-feira, 17 
- Publicidade -

Plugue-se

Novo álbum musical do Missionário R. R. Soares

O álbum "Em O nome de Jesus", com 12  músicas inéditas, foi lançado depois de cinco anos. Primeiro single do projeto está disponível em todas as plataformas e Youtube

Wilson Witzel é batizado em igreja evangélica

O batismo ocorreu um dia antes de Witzel protocolar sua defesa no tribunal misto, que julga o processo de impeachment dele. Saiba mais!

3 palavrinhas é indicado ao premio Gerando Salvação

Na categoria “Projeto Infantil”, o 3 palavrinhas, que é considerado o maior canal infantil gospel do mundo, concorre ao lado de Aline Barros e outras estrelas do segmento. Saiba mais!

Saiba mais sobre o cristianismo em alguns livros

No Dia do Evangélico Comunhão selecionou 10 livros para estudar e conhecer mais sobre o cristianismo. Saiba mais!