18.9 C
Vitória
quinta-feira, 29 julho 2021

Governo lançará app para denúncia de abusos

O aplicativo será pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, através do Disque 100. O app vai servir para crianças e adolescente denunciarem abusos

Uma iniciativa do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, pretende facilitar o acesso de crianças a um canal de denúncia por abusos sexuais e/ou violência. O anúncio foi feito pela ministra Damares Alves. Trata-se de um app para que crianças e adolescentes possam denunciar casos de abusos sexuais e de espancamentos e torturas na família.

“Nenhuma criança ficará para trás. Neste período de pandemia, precisamos dar ainda mais ferramentas para que elas solicitem socorro. Denuncie você também, escreveu Damares Alves em sua conta no Twitter. O lançamento do aplicativo será pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), no âmbito do Disque 100 (Disque Direitos Humanos).

O alerta para a iniciativa veio de uma queda nas denúncias relacionadas a esses crimes após o confinamento determinado pelas autoridades estaduais e municipais como tentativa de conter a pandemia.

“A ferramenta será lúdica e bastante interativa. O objetivo é ajudar o público infanto-juvenil a romper o muro do silêncio, barreira essa tantas vezes presente nos contextos de violência”, comentou o titular da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA/MMFDH), Maurício Cunha, segundo informações do portal Gazeta Brasil.

“As nossas crianças e adolescentes estão sofrendo sozinhos agora. Durante a pandemia, não está sendo possível contar com espaços que possibilitavam a realização das denúncias, como as escolas. Por isso, a nossa preocupação em desenvolver ações que combatam as violações intrafamiliares”, acrescentou Cunha.

Denúncias

Mais de 35 mil denúncias de violência sexual contra crianças e adolescentes foram recebidas pelo Disque 100 nos últimos dois anos. E e desde março – quando se iniciaram as suspensões das aulas – houve queda de 18% na média de denúncias de pornografia infantil, abuso sexual e exploração sexual.

Números como esses exemplificam a importância dos canais de denúncia no combate às violações. Implementados pelo MMFDH, o Disque 100, o app Direitos Humanos Brasil e o site da ONDH são gratuitos e funcionam 24h por dia, inclusive em feriados e nos finais de semana. Os serviços também podem ser acionados pelo WhatsApp e Telegram.

*Com informações de MMFDH

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se