25.8 C
Vitória
terça-feira, 25 janeiro 2022

Geladeira da esperança: livros e alimentos aos necessitados

geladeira da esperança
Foto: André Azevedo

Além de levar alimentos, jovens adventistas do Espírito Santo distribuíram livros da esperança. A Geladeira da esperança leva solidariedade para os que estão enfrentando dificuldades

Por Priscilla Cerqueira 

Em Vitória (ES), jovens da Igreja Adventista presentearam mais de 100 famílias com alimentos e livros que falem de esperança. É o projeto Geladeira da esperança, que é um dos movimentos no Impacto Esperança. Ação aconteceu neste sábado, 30, um dia após ser celebrado do Dia Nacional do Livro.

A expectativa é distribuir mais de 600 mil exemplares do livro “Esperança além da crise” e 100 mil revistas infantis só no Espírito Santo. Outro grupo de voluntários preparou um café da manhã com delivery de livros gratuitos para distribuir esperança.

Os moradores tiveram a oportunidade pegar um exemplar do livro e um kit de alimentos contendo maçãs, batatas, cenouras, pepinos e laranjas. A iniciativa da juventude capixaba buscou reforçar a ideia de que há esperança apesar da pandemia e da crise econômica que assola o País, refletida inclusive na alta do preço dos alimentos.

delivery da esperança
Foto: Jobert Aquino

“Normalmente, entregamos os livros de casa em casa, mas como ainda atravessamos uma pandemia, acreditamos ser menos arriscado a possibilidade de a própria pessoa fazer essa retirada”, reforça Carol Vallandro, uma das organizadoras da Geladeira da Esperança.

Os jovens também colocaram cartas com mensagens motivadoras em balões, com um QR Code impresso, direcionando o leitor ao livro em formato digital. “Este é um momento de recomeço, quando somos chamados para nos reaproximar das pessoas. A pandemia nos distanciou, mas agora é hora de reforçar o atendimento às necessidades de quem está ao nosso redor”, pondera Moisés Vasconcelos, diretor de Publicações da Igreja.

Também teve delivery da esperança com a entrega de livros. Moradores receberam a visita de um jovem, que tinha em mãos um livro para presentear. “Deus é criativo e somos chamados para desenvolver meios criativos para falar d’Ele e de esperança”, pontua o presidente da Igreja Adventista para a região, pastor Eber Nunes.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se