back to top
25.5 C
Vitória
quinta-feira, 25 DE julho DE 2024

Funai vai recorrer da suspensão da nomeação de pastor para o órgão

ricardo_Funai
Foto: Divulgação/ Funai

Após a justiça suspender a nomeação do pastor Ricardo Lopes Dias para a coordenação de índios isolados, a Funai anunciou que vai recorrer da decisão

Após o desembargador federal Souza Prudente, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), suspender a nomeação do pastor Ricardo Lopes Dias para a chefia da Coordenação de Índios Isolados e de Recente Contato, a Fundação Nacional do Índio (Funai) anunciou que vai recorrer da decisão.

Ricardo, que já atuou como missionário junto a tribos indígenas, tem vasto currículo acadêmico na área de antropologia, sendo doutor em Ciências Humanas e Sociais.

Sua nomeação foi questionada pelo Ministério Público Federal (MPF) por conta de sua ligação com a Missão Novas Tribos do Brasil (MNTB), que atua na região Amazônica na evangelização de povos indígenas.

Questionamento da Funai

A Funai considerou ‘fantasiosa’ o argumento do desembargador de que ex-missionários podem mudar a política de isolamento voluntário dos indígenas. “A referida Coordenação foi historicamente ocupada por católicos militantes ou simpáticos à teologia da libertação. Até quando era assim, nunca houve judicialização relativa ao provimento do cargo”, diz a nota do órgão.

- Continua após a publicidade -

“A decisão parte da fantasiosa conclusão de que ex-missionários evangélicos, ocupando o cargo, podem mudar a política de isolamento voluntário dos indígenas menos integrados do país”, acrescenta a Funai.

Nomeação

Segundo informações do jornal O Globo, Ricardo Lopes Dias foi nomeado em fevereiro após uma mudança no regimento interno da Funai, que passou a admitir a nomeação de especialistas que não sejam funcionários de carreira para a função que tem como prioridade a proteção de povos isolados.

O pastor teve ligações com uma instituição missionária nos últimos anos. E a Funai garante que o antropólogo se desvinculou dos trabalhos de evangelização.

*Com informações de O Globo

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -