26.6 C
Vitória
segunda-feira, 6 dezembro 2021

Francis Chan: ‘Até que sejamos um’

O renomado pastor apresenta um olhar único para a igreja em geral e aponta como as falhas do dia a dia evitam a produção de unidade

Por Marlon Max

Até que sejamos um é um clamor pela unidade no Corpo de Cristo. Na obra, Francis Chan aponta como o povo de Deus tem falhado ao mostrar-se ao mundo como família desunida, hostil entre si.

Sinaliza ainda o enfraquecimento da igreja ao ter de lidar com as próprias incoerências em detrimento de manter o foco na adoração a Deus e no amor aos irmãos.

Comprometido com a transformação do leitor, Francis Chan não se restringe a elucidar apenas os problemas que afetam a igreja cristã na atualidade. Pelo contrário, traz uma mensagem de esperança, que visa à cura e à implementação de soluções, proporcionando um roteiro de lições práticas para que os cristãos — e a igreja — aprofundem a comunhão com Deus, sejam coerentes com a mensagem que pregam e comuniquem, com graça e verdade, o amor do Salvador.

Sobre o Autor

Francis Chan é um autor, professor e pregador protestante americano. Ele é o ex-pastor da Cornerstone Community Church, uma igreja evangélica em Simi Valley, Califórnia, fundada por Chan em 1994.

Ele também fundou o Eternity Bible College em 2004, e serviu como seu primeiro chanceler até 2010.

Chan foi membro do conselho de várias organizações cristãs e de justiça social, incluindo Children’s Hunger Fund e Gospel for Asia.

Ele é autor e co-autor de vários livros, incluindo Crazy Love, um best-seller do New York Times. Chan também serviu como embaixador do Care for Children.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se