25.5 C
Vitória

Força Nacional vai atuar no Pará

Leia também

Caso Coronavac seja eficaz, SP pedirá liberação emergencial à Anvisa em outubro

A informação foi divulgada em entrevista coletiva, nesta quarta-feira, 12, pelo secretário estadual da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn

Sem reajustes a ministros, STF aprova orçamento com R$ 25,7 milhões a mais para 2021

Depois do levantamento preliminar, foi necessário aplicar um corte de R$ 76 milhões, a fim de adaptar a proposta ao teto de gastos

Bolsonaro está em ótimo estado de saúde, diz médico

Desde o final do mês passado, o presidente retomou as agendas presidenciais e viagens pelo País

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o uso da Força Nacional de Segurança Pública no Pará. A medida é uma resposta ao pedido feito pelo governador do estado, Helder Barbalho, no dia 2 de janeiro, para combater a criminalidade.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (07). A permanência dos agentes no Pará será de 90 dias. Mas poderá ser prorrogada, se necessário. A ação dos militares se baseia no policiamento ostensivo, reforço judiciário e de perícia forense nas atividades e nos serviços essenciais à preservação da ordem pública e segurança das pessoas e do patrimônio.

O contingente que será disponibilizado irá obedecer ao planejamento definido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Um dia após tomar posse, em janeiro, o governador do Pará, Hélder Barbalho, solicitou apoio de 500 agentes da Força Nacional ao Estado. Ele apresentou índices de criminalidade no estado para justificar o pedido.

De acordo com o diretor, a atuação da Força ocorrerá exclusivamente em Belém. As tropas vão ser direcionadas para seis regiões da capital que concentram os maiores índices de violência.

A Força Nacional de Segurança Pública é um programa de cooperação entre os estados e a União. As tropas atuam na segurança da população, proteção do patrimônio, situações de emergência e calamidades públicas.

Violência no Pará 

De acordo com o Atlas da Violência 2018, divulgado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), a taxa de homicídios do Pará no último dado disponível, de 2016, era de 50,8 por 100 mil habitantes.

O Estado foi o 4º no ranking nacional neste indicador, ficando atrás apenas do Rio Grande do Norte (53,2), Alagoas (54,2) e de Sergipe (64,7).

*Com informações das agências


Leia mais

Onda de violência – Ceará transfere chefes de facções
Intervenção no RJ: Governo vai destinar mais de R$ 1 bilhão

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Canta Recife Experience com Rodolfo Abrantes e esposa

O Canta Recife Experience é o primeiro evento drive-in cristão do Nordeste. Saiba mais!

Semana de lives da Consciência Cristã 2021; Confira as datas!

O tema das lives, que acontece de hoje, 3, até sábado, 8, é "Feitos à imagem de Deus", que será a abordagem do Consciência Cristã 2021

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Plugue-se

Em testemunho de fé, ex miss-universo, Dayana Mendoza se batiza

Dayana Mendoza revelou que encontrou em Jesus as respostas que precisava para sua vida

Baltazar, o atacante brasileiro “artilheiro de Deus”

Conhecido como Baltazar, o "artilheiro de Deus", foi destaque na década de 80, atuando pelo Grêmio de Porto Alegre e hoje, aos 61 anos é pastor e empresário. Conheça essa história!

“Entre a vingança e o perdão”: superando as dificuldades

Deus e perdoa, e você? Embarque nessa viagem sobre superação e perdão com “Entre a vingança e o perdão” 

‘Fala, Pai’: podcast especial para homens

O "Fala, pai" apresenta  31 reflexões, com cerca de três minutos voltadas para os homens. Saiba mais!