22.8 C
Vitória
segunda-feira, 3 agosto, 2020

FMI diz que não deve emprestar dinheiro a nações com nível de dívida elevado

Leia também

Brasil: Prefeitos se unem em campanha de combate à covid-19

Iniciativa é da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que negociou com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorização especial para veicular comunicação sobre a doença em jornais, sites, rádios e na TV durante toda a pandemia

Justiça proíbe venda de livro que orienta castigo físico em crianças

A decisão é contra a circulação do livro "O que toda mãe gostaria de saber sobre disciplina bíblica", da escritora, Simone Quaresma.

Igrejas poderão contratar crédito subsidiado para pagar salários

Em maio, parlamentares ligados às igrejas evangélicas pediram apoio da área econômica do governo para conseguir acesso a empréstimos bancários. Saiba mais!

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, reforçou nesta quarta-feira, 29, que o órgão não pedirá as “contrapartidas tradicionais” para concessão de crédito a países afetados pela crise do novo coronavírus

O FMI por ter ciência de que o choque é exógeno, e não um resultado de má gestão da economia. Ainda assim, Georgieva ressaltou que o FMI não deve emprestar dinheiro a nações com nível de dívida elevado. “Estaríamos dificultando ainda mais a situação desses países”, afirmou, em webinar organizado pelo Women’s Forum.

A economista búlgara lembrou que o FMI tem capacidade de emprestar até US$ 1 trilhão aos afetados pela pandemia e já concedeu crédito a 105 países. “Para uma crise sem precedentes, uma resposta sem precedentes”, disse na live. “Eu só peço que invistam em médicos e no sistema de saúde”, completou.

Para a diretora-gerente do FMI, a união entre autoridades do mundo é fundamental nesse momento que exige respostas globais. Georgieva elogiou a aprovação do fundo de 750 bilhões de euros na União Europeia, que precisou de um consenso entre todos os países-membros.

Georgieva ainda ressaltou que essa crise é uma oportunidade para que a organização das economias mundiais seja repensada, com um olhar mais atento à questão da sustentabilidade. Ela ainda pediu por mais igualdade entre homens e mulheres, o que, inclusive, teria o potencial de estimular as economias do globo, de acordo com a economista.

Vacina

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional disse também que os países de todo o mundo precisarão de espaço fiscal para ter acesso à futura vacina contra a covid-19 – e que, por isso, o órgão multilateral pretende “trabalhar duro” junto aos governos, de modo a garantir as condições financeiras para o acesso universal à profilaxia.

Georgieva elogiou a atuação da Nova Zelândia no combate à pandemia e afirmou que as respostas ideais à crise sanitária não vieram das principais economias do mundo, embora não tenha criticado algum país em específico. A Nova Zelândia conseguiu praticamente erradicar o novo coronavírus após medidas rígidas de isolamento social.

Com informações da Agência Estadão – Por Eduardo Gayer

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Marcha pra Jesus é cancelada em São Paulo

Por causa do coronavírus a prefeitura de São Paulo cancelou a Marcha para Jesus. O maior evento cristão do mundo ocorreria em 02 de novembro deste ano

Plugue-se

Vida após a morte em “O Céu é de Verdade”

"O Céu é de verdade" foi sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, conta a história de uma criança que visita o paraíso em uma experiência de “quase morte”

Terceiro bloco do projeto “ASU”, de Priscilla Alcantara

Projeto, que conta com 12 canções, traz releituras de grandes sucessos de Priscilla Alcantara 

Thalles Roberto em novo momento na carreira, agora na Sony

Em live realizada nesta sexta-feira, 31, o artista anunciou a novidade já com lançamentos: "Tenho muita vontade de voltar a focar minha carreira no Brasil", declarou

“Um evangelho de esperança”, de Walter Brueggemann

Repleto de insights importantes sobre espiritualidade e cultura, Walter Brueggemann propõe reflexões sobre a relevância da fé cristã em meio aos desafios da sociedade contemporânea.