back to top
28.8 C
Vitória
segunda-feira, 20 maio 2024

Flamengo goleia Boavista e vai à semifinal da Taça Guanabara

Flamengo goleia Boavista em grande apresentação e vai à semifinal da Taça Guanabara - Foto: Reprodução Twitter @Flamengo - Gilvan de Souza / CRF
Flamengo goleia Boavista em grande apresentação e vai à semifinal da Taça Guanabara - Foto: Reprodução Twitter @Flamengo - Gilvan de Souza / CRF

O massacre se transformou em vantagem no marcador rapidamente, com batida forte e rasteira de Luiz Araújo, aos oito minutos

O Flamengo é o segundo classificado às semifinais da Taça Guanabara. Nesta terça-feira, no encerramento da nona rodada, a equipe de Tite teve uma grande apresentação no Maracanã e, após início arrasador, goleou o Boavista por 4 a 0 e se garantiu no mata-mata, além de retomar a liderança, superando o Fluminense, também com a vaga, nos critérios de desempate. Pedro ainda perdeu um pênalti.

Os times rubro-negro e tricolor somam 21 pontos e não podem ser alcançados pelo Botafogo, com 14, restando duas rodadas. Em terceiro aparece o Nova Iguaçu, com 18 e necessitando de uma vitória para deixar um gigante pelo caminho. O Vasco está com 16, fechando as semifinais no momento.

O árbitro nem bem apitou o início e lá estava a torcida soltando o primeiro “uh” após finalização perigosa de Cebolinha com poucos segundos de jogo. O Flamengo estava com “fome” e bombardeava o goleiro André Luiz.

O massacre se transformou em vantagem no marcador rapidamente, com batida forte e rasteira de Luiz Araújo, desencantando na temporada, aos oito minutos. Quatro minutos mais tarde, Pedro usou a cabeça para ampliar, em jogo de uma equipe apenas no Maracanã.

- Continua após a publicidade -

No primeiro lance ofensivo, o Boavista perdeu Matheus Alessandro, com grave lesão no joelho após dividida com Varela. O atacante saiu de campo de maca, chorando copiosamente já prevendo a gravidade da lesão.

Caprichasse um pouco mais, e o dominante Flamengo iria para o descanso com uma goleada no placar. Pedro errou desvio na pequena área e Cebolinha viu o zagueiro tirar o rebote em cima da linha. Luiz Araújo também falhou em oportunidade clara na área.

O Boavista voltou com três mudanças para tentar reação. Com 12 pontos, precisava pontuar para sonhar com vaga nas semifinais. Mas a tônica não mudou. O Flamengo jogava no campo ofensivo e abusava de gols perdidos. Pedro chegou a desperdiçar um pênalti aos 19 minutos, mandando nas mãos do goleiro. A torcida já pedia Gabigol e aumentou o coro.

Tite colocou seu camisa 10 e Bruno Henrique para dar dinâmica ao ataque. Em uma marcação sob pressão, a bola sobrou para Arrascaeta ampliar, em uma linda batida de sem pulo, no ângulo. O uruguaio também desencantou na temporada.

O treinador flamenguista aproveitou a partida liquidada para observar Matias Viña. O lateral-esquerdo fez sua estreia aos 27 minutos. Apesar das características mais defensivas, entrou como se fosse um ponta esquerda, bastante avançado e aparecendo na área.

Sem perder a ganância em atacar, o Flamengo ainda viu Gabigol carimbar o travessão antes de Arrascaeta transformar o resultado em goleada. Em jogada de uruguaios, recebeu de De la Cruz e só tocou na saída do goleiro. Maior placar dos comandados de Tite no Campeonato Carioca, justamente antes do clássico com o Fluminense, marcado para domingo. Com informações Agência Estado

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -