Flamengo conquista o Brasil e a América

Flamengo levanta taça da Libertadores da América (Foto: Alexandre Vidal /Flamengo)
Flamengo levanta taça da Libertadores da América (Foto: Alexandre Vidal /Flamengo)

Após Libertadores da América no sábado (23), o resultado entre Palmeiras e Grêmio (24) concedeu ao Flamengo o Brasileirão

Nesse domingo (24) o time do Grêmio superou o Palmeiras por 2 a 1. O resultado deu ao Flamengo, com quatro rodadas de antecedência, o título de campeão brasileiro de 2019. O Flamengo se equipara ao São Paulo, de 2007, e ao Cruzeiro, de 2013.

Os gols da partida só vieram no segundo tempo. Ewerton “Cebolinha” de pênalti abriu o marcador para os gaúchos. No entanto, os paulistas empataram com Bruno Henrique, em um pênalti assinalado pelo juiz Wilton Pereira Sampaio.

Somente a vitória interessava ao Verdão, que se lançou ao ataque, mas quem acabou marcando de novo foi o tricolor gaúcho. Aos 48 minutos, Pepê com um leve toque, decretou a vitória gremista.

O treinador Renato Portaluppi elogiou ao time rubro-negro. “Brincadeiras à parte, o Flamengo mereceu o título. Se não ganhasse nesta, iria ganhar na outra rodada. O mais importante para o Grêmio foram a vitória e os três pontos conquistados”.

Com 81 pontos o Flamengo assegurou o título do Campeonato Brasileiro, pois o então vice-líder Palmeiras não conseguiu êxito no resultado do fim de semana.

LIBERTADORES

O Flamengo fez história em Lima, no Peru, ao ganhar do River Plate por 2 a 1 e conquistar o biocampeonato da Copa Libertadores. O primeiro título havia sido em 1981.

Às 10h50 desse domingo (24) o avião que transportava a delegação rubro-negra pousou na pista do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. O atacante Gabi Gol apareceu na janelinha do avião com a bandeira do time. Logo, seguiram de ônibus para o Centro.

A festa foi realizada na Avenida Presidente Vargas onde aconteceu o desfile com toda comissão rubro-negra. Dessa forma, sob o comando de Gabi Gol, o time puxou cantos enaltecendo a taça da Libertadores que passava de mão em mão.

*Da redação, com informações de Agência Brasil 


LEIA MAIS

Ex-jogador da seleção brasileira de futebol da testemunho de Fé 
Brasil é tetracampeão no sub-17 
Seleção Brasileira de Futebol cai no ranking masculino da Fifa