21.1 C
Vitória
quinta-feira, 9 abril, 2020

Como preparar o corpo para o fim do horário de verão

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Bolsonaro: O médico não abandona o paciente, mas o paciente troca de médico

O presidente Jair Bolsonaro usou da analogia do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para sinalizar que ainda estuda a permanência do auxiliar à frente da pasta, após os atritos que ambos tiveram sobre as orientações para isolamento social.

Produtos sazonais da Páscoa tem deflação de 0,99%

Em comparação com 2019, houve recuo médio dos preços. Entretanto, os principais itens do almoço apresentaram aumento expressivo em suas cotações

Marcos Eberlin e médico experiente questionam: “Será mesmo que a cloroquina é tóxica demais?”

Em videoconferência, cientista e médico, que já administrou a cloroquina durante vários anos, questionam sobre os interesses políticos por trás da pandemia

A maioria das igrejas nos EUA planeja uma páscoa digital

93% se encontram on-line em meio à pandemia de coronavírus. Saiba mais! 

O horário especial termina às 0 horas de domingo (17). O relógio deverá ser atrasado em 1 hora

Para a alegrias de uns e tristeza de outros chega ao fim do horário de verão. Neste domingo (17) o relógio será atrasado em uma hora e, com isso, muita gente já se prepara para dias ou semanas de cansaço, dificuldade para dormir e acordar e até falta de apetite.

Mas o que fazer para o corpo se adaptar mais facilmente à mudança. Especialista em Medicina do Sono, a médica Jéssica Polese explicou que estes sintomas são comuns e provocados pela alteração no relógio biológico, que vai precisar se readequar novamente.

A médica diz que para enfrentar essa mudança sem muito sofrimento é recomendado começar a preparar o organismo para o novo horário ao menos uma semana antes. “Se você dormia às 23h no horário de verão, agora será preciso dormir às 22h. O melhor para o corpo é fazer essa alteração de forma gradual, indo se deitar e acordando 15 minutos mais cedo diariamente”, ensinou.

A médica diz que para que o corpo se adeque é necessário fazer a mudança de forma gradual. – Foto: Divugação

Jéssica aconselhou também a investir na chamada higiene do sono, que pode ajudar durante essa fase transitória. “Cerca de 30 minutos antes de dormir procure fazer alguma atividade relaxante. Evite conteúdos de televisão agressivos, pois eles podem afetar a qualidade do seu sono. Tome um banho morno, esteja num ambiente arejado e limpo. Isso pode ajudar”, reforçou.

Hábito pouco frequente entre os brasileiros, a soneca também é uma opção para esse período. Reservar de 20 a 30 minutos da hora do almoço para um cochilo garante energia extra para enfrentar o restante das atividades do dia. “Mas para acordar com mais disposição e não ficar sonolento o resto do dia, o cochilo não pode durar mais do que 30 minutos”, recomendou Jéssica Polese.

Matéria anterior Morro do Moreno
Próxima MatériaAprender a perder
- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

Vigília online ‘Há uma Luz’: um clamor contra o covid-19

Para levar paz e esperança à população afetada pela pandemia global da Covid-19, a plataforma cristã, InChurch, organizou a vigília online “Há uma Luz” nesta quarta (1º).

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Igreja Renascer faz demissão em massa em TV

A alegação da Rede Gospel para a demissão em massa nesta quarta (8) foi a de que, com o fechamento dos cultos, a arrecadação caiu e não há mais possibilidade de mantê-las

“Mesa solidária” a quem precisa na pandemia

Como uma forma de ajudar a quem precisa, uma moradora de Cruzeiro do Oeste (PR), iniciou o projeto "Mesa Solidária", que atende pessoas que passam insegurança alimentar na cidade

Inovação! Kemuel lança primeiro single em inglês

Com participação de Amanda Malela, a versão de “O Teu Amor” dá início a um novo momento na carreira do grupo

Lives, podcasts cristãos, aumento do consumo digital

Em tempos de isolamento social hoje é consumo digital. Cantores e pastores brasileiros usam lives e publicam podcasts com conteúdos específicos para seus membros Em...