17.7 C
Vitória
segunda-feira, 3 agosto, 2020

Filmes cristãos ganham mais espaço nos cinemas brasileiros

Leia também

Justiça proíbe venda de livro que orienta castigo físico em crianças

A decisão é contra a circulação do livro "O que toda mãe gostaria de saber sobre disciplina bíblica", da escritora, Simone Quaresma.

Igrejas poderão contratar crédito subsidiado para pagar salários

Em maio, parlamentares ligados às igrejas evangélicas pediram apoio da área econômica do governo para conseguir acesso a empréstimos bancários. Saiba mais!

Contratações em linha com fundo de aval do BNDES já somam R$ 3,3 bi

Os empréstimos devem ser de, no mínimo, R$ 5 mil, e, no máximo, R$ 10 milhões por cliente em cada banco repassador. Saiba mais!

Há aproximadamente 20 anos o cinema cristão nos Estados Unidos (EUA) começou a crescer verdadeiramente, a qualidade das produções aumentou e os filmes começaram chegar nas telonas do país.

Hoje já fazem parte do line up de grandes estúdios como Sony Pictures, Lionsgate, Icon, Paramount e Pure Flix, Kendrick’s Brothers e outros produtores independentes.

A realidade do cinema americano é que a cultura e os investimentos fazem parte do cenário dos grandes estúdios e distribuidores. Mas, de fato, os olhos foram abertos e o nicho de filmes religiosos tornou-se atrativo a partir de sucessos de bilheterias como “A Paixão de Cristo”, “As Crônicas de Nárnia”, “O Ceu é de Verdade”, “Desafiando Gigantes”, “Deus Não Está Morto, dentre outros.

E, junto a essa questão, o cinema brasileiro também tem encontrado o seu lugar; tem trabalhado para entender a dimensão do mercado cristão e lançamentos realizados. Em cada projeto são desenvolvidas campanhas e estratégias para que o público cristão vá aos cinemas, gere engajamento, e que essa rotina torne-se uma ferramenta para edificar vidas e alcançar pessoas que se encontram fora das Igrejas ou, até mesmo, tenha rejeição sobre visitar um culto.

Durante o ano de 2018, no território americano, foram distribuídos inúmeros filmes com princípios cristãos nos cinemas do país, uma quantidade que tem crescido a cada ano. No Brasil, os filmes religiosos também têm ganhado força e chamado a atençãos, principalmente nos últimos três anos. Neste ano de 2018, pelo menos, sete filmes com temática cristã foram exibidos nos cinemas brasileiros – “Maria Madalena”, “Paulo, Apóstolo de Cristo”, “Eu Só Posso Imaginar”, “Deus Não Está Morto: Uma Luz na Escuridão” são alguns títulos. Essa é uma realidade que há seis anos era inimaginável e pouco provável. Ou seja, neste momento, o Brasil é o mercado mais importante no cenário cinematográfico cristão internacional após os EUA.

E os lançamentos continuam. Para fechar o ano, dia 15 de novembro chega aos cinemas o filme “Entrevista com Deus”, uma produção que retrata a história de um jovem jornalista que se encontra com um homem que se apresenta como Deus e inicia uma conversa, cheia de questionamentos, abordando temas relevantes e que estão muito presentes em nosso dia a dia, como, por exemplo: Amor, Perdão, Salvação, Fé, Pecado e Decisão.

“No Brasil, os filmes religiosos também têm ganhado força e chamado a atenção, principalmente nos últimos três anos. Neste ano de 2018, pelo menos, sete filmes com temática cristã foram exibidos nos cinemas brasileiros”

Agora, a questão é: O que devemos esperar do cinema cristão para 2019?
O próximo ano será recheado de grandes produções para o público assistir a filmes para a família. As datas não estão definidas, mas para 2019 acontecerão os lançamentos de “As Crônicas de Narnia”, “Overcomer” (sexto filme dos irmãos Kendricks) e a sequência do filme “A Paixão de Cristo”, que se tornou o filme cristão de maior bilheteria da história desse segmento. Esses são apenas alguns dos lançamentos, mas muito mais está por! Creio que o cinema cristão está crescendo e que, certamente, ajustes devem ser realizados, porém, o grande desafio e expectativa é que filmes nacionais também sejam produzidos e que longas que retratem a temática cristã alcancem cada vez mais público nacional e internacionalmente.


Ygor Siqueira é CEO da 360 Way Up e trabalha no mercado cinematográfico cristão há 9 anos.

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Helena Tannure e Alda Célia no Congresso Vitoriosas

É a terceira edição do evento, que é voltado para mulheres. O tema do Congresso Vitoriosas 2020 será Transformadas. Saiba mais! 

Lagoinha abre curso Linhas de ensino; Saiba mais!

As aulas das turmas do primeiro módulo do Curso Linha de ensino se iniciam a partir de 17 de agosto. Saiba mais!

Fórum literário: O absurdo, a esperança e mais além

Realizado desde 2016, o Fórum literário é um curso para peregrinar nos caminhos da arte e da fé cristã. Evento, que será online, começa hoje, 27. Saiba mais aqui! 

Marcha pra Jesus é cancelada em São Paulo

Por causa do coronavírus a prefeitura de São Paulo cancelou a Marcha para Jesus. O maior evento cristão do mundo ocorreria em 02 de novembro deste ano

Plugue-se

Vida após a morte em “O Céu é de Verdade”

"O Céu é de verdade" foi sucesso de bilheteria nos Estados Unidos, conta a história de uma criança que visita o paraíso em uma experiência de “quase morte”

Terceiro bloco do projeto “ASU”, de Priscilla Alcantara

Projeto, que conta com 12 canções, traz releituras de grandes sucessos de Priscilla Alcantara 

Thalles Roberto em novo momento na carreira, agora na Sony

Em live realizada nesta sexta-feira, 31, o artista anunciou a novidade já com lançamentos: "Tenho muita vontade de voltar a focar minha carreira no Brasil", declarou

“Um evangelho de esperança”, de Walter Brueggemann

Repleto de insights importantes sobre espiritualidade e cultura, Walter Brueggemann propõe reflexões sobre a relevância da fé cristã em meio aos desafios da sociedade contemporânea.