Humor para retratar a vida cristã

Foto: Divulgação

“Pequeno Grupo” mostra a Igreja pelos olhos de um incrédulo. Filme ainda não tem previsão de estreia no Brasil. 

“Small Group” (Pequeno Grupo), lançado esse mês nos EUA é um “filme de fé para incrédulos”. É uma mistura de documentário com comédia. Trata da história de um repórter que tenta “expor” a hipocrisia dos cristãos.

O personagem principal R. Scott Cooper (Sterling Hurst, da série Nashville) é um repórter investigativo descrente que se “infiltra” em uma igreja evangélica no sul dos Estados Unidos. O objetivo de produzir um documentário sobre os “males” da influência evangélica. Ele acaba participando de um pequeno grupo, ou célula. Filma tudo secretamente, incluindo um retiro de homens e uma viagem missionária de curto prazo para a Guatemala.

Quando seu projeto é descoberto, ele precisa lidar com a reação dos membros da igreja e acaba revendo seus conceitos sobre fé e a vida eclesiástica comunitária. Em diferentes cenas ele demonstra a visão preconceituosa que muitos têm e acaba confrontado com a realidade que os evangélicos são pessoas “normais”.

Em entrevista do Christian Post, Matt Chastain, que dirige a produção, disse que a intenção foi mostrar um pouco de sua experiência em uma igreja que sua família frequenta.

“Tudo que vivi nele foi muito mais real, genuíno e interativo do que outras experiências da igreja que tive. Em certo momento eu percebi que essa é uma história que precisa ser contada! Alguém deveria fazer um filme chamado ‘Pequeno Grupo’!”, contou ele ao Christian Post.

Confira um trecho do filme

*Com informações de Christian Post