“Deus cuidou de mim”, testemunha jogador

Foto: Reprodução

Em um programa de TV, o goleiro do Vasco, Fernando Miguel contou como a fé o ajudou a não desistir da carreira e a lidar com a pressão imposta pela torcida, que cobra resultados do time

O goleiro do Vasco, Fernando Miguel, 34 anos, é apontado por muita gente como alguém com “serenidade no olhar”. Cristão, o atleta que tem se despontado como revelação do futebol brasileiro.

Em recente entrevista ao programa Nova Talk, com Mauricio Fragale, Fernando Miguel falou superação e desafios no time carioca e o seu testemunho pessoal. E compartilhou sobre como a fé em Jesus o ajuda a se manter tranquilo diante das adversidades.

Segundo ele, antes de aceitar a proposta de jogar no Vasco contrariou conselhos de amigos. Mas que tomou a decisão após orar com sua esposa e entender ser esse o direcionamento de Deus. Fernando disse que a fé o ajuda a lidar com a pressão que a torcida impõe quando cobra resultados do time.

“Eu, no meu estilo de vida, no momento que eu e minha esposa oramos, entendemos: ‘é o Vasco que é para onde Deus quer que a gente vá’. A gente veio e creu que tudo daria certo aqui. A fé é justamente o oposto do que essa pressão gera sobre um atleta de futebol. A fé é o oposto do medo, o oposto da insegurança, o oposto da ansiedade. Ela coloca tudo isso nos seus níveis corretos”, revelou.

O goleiro contou que sente o cuidado de Deus em muitos momentos do seu cotidiano e que no tempo mais difícil que viveu até hoje profissionalmente, sentiu a mão de Deus cuidando de tudo.

“Eu vivi um momento triste da minha carreira. Foi o único momento que eu fiquei desempregado. Foi em 2009, 2010, alguma coisa assim. Quando eu jogava no Esportivo de Bento Gonçalves, me machuquei, fiquei desempregado e tomei um golpe do meu empresário. Perdi praticamente todas as minhas economias”, explicou.

Veja o depoimento do jogador


Leia mais

Sucesso nas quadras e vitória em Deus
O time de futebol que fala de Deus