back to top
24.4 C
Vitória
domingo, 26 maio 2024

Fé, o alimento da alma

Este livro, Fé, o alimento da alma, reúne sermões do mestre Charles Spurgeon, considerado “o Príncipe dos Pregadores”

Através de 20 sermões inspiradores, repletos de verdades bíblicas, seremos incentivados a uma vida alimentada pela fé. Aqui, de forma leve, mas com profundidade singular, vamos refletir sobre salvação, chamado e glória, reafirmando em nosso coração a chamada “insígnia do cristão”.

Linha por linha, sermão a sermão, Spurgeon nos traz a ideia viva de que somos eleitos, estamos seguros e guardados. Somos convencidos à luz das Escrituras de que podemos seguir de forma plena no caminho de fé entre a tristeza e a alegria, fugindo dos desvios deste mundo e lutando contra eles.

Pela fé, o alimento da alma, é hora de abrir as portas para a grandiosidade de Cristo sem temer os dias ruins, o desespero, as nossas limitações ou até mesmo a morte. Leitores e leitoras ávidos por reavivar sua fé têm aqui um tesouro bíblico inestimável acerca da busca incansável pelo entendimento da Palavra, pela santificação e por uma fé inabalável.

A Editora Hagnos acredita na força dos livros como agentes de mudanças socioculturais, intelectuais e espirituais e busca, com a ajuda de seus autores, disponibilizar produtos sempre alinhados com as Sagradas Escrituras e com as realidades do mundo cristão contemporâneo. Mais do que publicar livros, entregamos ao mercado obras que dão ao leitor uma verdadeira experiência e o inspiram a buscar uma verdadeira transformação na sua vida, baseada em valores éticos, morais, humanos e, acima de tudo, cristãos.

- Continua após a publicidade -

Leia o primeiro capítulo do livro

Sobre o Autor

Fé, o alimento da almaSpurgeon continua muito influente entre os cristãos de várias denominações, entre as quais é conhecido como o “Príncipe dos Pregadores”. Ele foi uma figura forte na tradição Batista Reformada, defendendo a Confissão de Fé Batista de Londres de 1689 e se opondo às tendências teológicas liberais e pragmáticas da Igreja de seus dias.

Spurgeon foi pastor da congregação da Capela New Park Street (mais tarde Tabernáculo Metropolitano) em Londres por 38 anos. Ele fez parte de várias controvérsias com a União Batista da Grã-Bretanha e mais tarde deixou a denominação por causa de convicções doutrinárias. Enquanto estava no Tabernáculo Metropolitano, ele construiu um Almshouse, o Orfanato Stockwell e incentivou sua congregação a se envolver ativamente com os pobres da Londres vitoriana. Ele também fundou o Spurgeon’s College, que recebeu seu nome postumamente.

Spurgeon escreveu sermões, uma autobiografia, comentários, livros sobre oração, devocionais, revistas, poesia e hinos. Muitos sermões foram transcritos enquanto ele falava e foram traduzidos para muitos idiomas durante sua vida. Diz-se que ele produziu sermões poderosos de pensamento penetrante e exposição precisa. Diz-se que suas habilidades de oratória mantiveram seus ouvintes fascinados no Tabernáculo Metropolitano e muitos cristãos têm seus escritos em alta consideração entre a literatura devocional.

Entre para nosso grupo do WhatsApp

Receba nossas últimas notícias em primeira mão.

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Publicidade

Comunhão Digital

Publicidade

Fique por dentro

RÁDIO COMUNHÃO

VIDA E FAMÍLIA

- Publicidade -