Moçambicana testemunha fé em meio ao caos

Pastor Daniel Baibai e esposa perderam tudo com a passagem do ciclone em Moçambique. Foto: Facebook

O relato é de Maria, uma cristã moçambicana, que em meio ao caos demonstra uma fé inabalável. Ela mora em uma das regiões mais atingidas pelo ciclone Idai. 

Segundo a agência humanitária da ONU, mais de 1,85 milhão de pessoas foram atingidas pelo ciclone Idai em Moçambique, na África. O pastor e jornalista Antônio Carlos Costa esteve na região visitando pessoas, casas e igrejas atingidas.

“Andei pela região, visitei igrejas, conversei com missionários brasileiros e pastores locais. Ouvi dezenas de moradores. Pude ter uma ideia da extensão do desastre, e da noite de terror vivida por milhões de moçambicanos. Testemunhei uma crise humanitária, que pode se agravar”, contou.

Ele relatou que o cenário é de completa destruição. “Casas que desmoronaram, marcas de inundação, telhados que vieram abaixo, lama, mosquito, mosca, crianças perambulando pelas ruas de barro, pais sem saber como recomeçar a vida. Estou aturdido. Rodei pela cidade à noite. Completa escuridão. Estive numa região que apresentou, segundo me foi informado, cinco casos de cólera”, declarou.

O pastor, que lidera a ONG Rio de Paz, promoveu uma campanha via facebook para ajuda humanitária aos moradores de Beira, que foi a mais destruída pelo ciclone. Em uma das fotos, ele mostra o Pastor Daniel Baibai com a esposa, que moram na região de Buzi, perderam tudo o que tinham.

Antônio Carlos fez um apelo. “É nosso desejo restaurar as casas de pessoas com as quais já fizemos contato, nesses dias em Moçambique. Ajude-nos a construir casas para os desabrigados na região. Caso queira contribuir, deposite sua oferta na nossa conta bancária. Tenha certeza de que ela chegará nas mãos dos que precisam”.

Foto: Facebook
Fé inabalável

Em meio ao caus gerado pela passagem do ciclone em Moçambique, o testemunho de fé da população é evidente. Maria é uma delas. Ela mora em Praia Nova, favela da parte baixa da cidade de Beira, um dos locais mais destruídos. Evangélica, da Igreja Videira, Maria mostra sua fé em Jesus e a alegria em servir a Cristo, mesmo no sofrimento. O relato é emocionante.

“Queria que toda gente conhecesse a Jesus, se convertesse. Jesus é o caminho, a verdade e a vida. Jesus é a base, só Ele que pode mudar. Eu creio que Ele morreu por mim, por todos nós. Ele não veio para escolher, veio para todos. Assim como aos ricos, pobres. Eu creio que Ele está dentro desse bairro, Ele vive aqui no meu coração. Ter Jesus foi o melhor presente que eu recebi na minha vida!“, disse ao lado dos filhos com uma felicidade estampada no rosto.

Veja o depoimento

O vídeo disponibilizado pelo pastor Antônio Carlos Costa em sua página no facebook, teve milhões de visualizações. Ele descreveu que o local onde Maria vive com outras centenas de pessoas foi o mais chocante.

“Senti uma impotência que jamais experimentei no Brasil. Rapazes e moças ansiosos por trabalhar, vivendo na extrema pobreza, mas sem nenhuma perspectiva de encontrar emprego“, relatou.


Leia mais

Brasil ajuda Moçambique – “Destruição é total”, diz missionária
Solidariedade! Ajude a população de Moçambique
Moçambique – Surto de cólera ameaça o país