28.9 C
Vitória
domingo, 28 novembro 2021

Fé ativa aos 116 anos: Uma vida dedicada à família e a igreja

Hester Ford, 116 anos, é a mulher mais velha dos EUA, sobreviveu a duas pandemias e não faz outra coisa na vida a não ser se dedicar à família e à igreja

Hester Ford é a mulher mais velha dos Estados Unidos. Acabou de completar 116 anos com uma festa em família, no estilo drive-thru, em Charlotte, na Carolina do Norte. Nessa idade, já avançada, ela continua dando seu testemunho de vida e superação.

Familiares e amigos de Hester passaram em frente à sua casa, buzinando e acenando. A cidade de Charlotte se tornou o lar de Hester, conforme conta sua, neta Mary Hill. “A igreja dela fica a 5 minutos de distância, ela ama sua igreja”, disse Mary à emissora WCNC.

“Ela costuma ir uma vez por mês, no primeiro domingo do mês, mas com o vírus, ela não pôde ir. Então eles sempre mandam CDs com as gravações dos cultos e os diáconos vêm e dão a ceia”, disse Mary.

Homenagem

Hester também foi homenageada pelo evangelista Franklin Graham no último domingo (16). “A Sra. Ford mora em Charlotte, NC, onde meu pai Billy Graham nasceu, e ela ainda adora ir à igreja”, comentou Franklin pelo Facebook.

Hester sobreviveu a duas pandemias: a gripe espanhola, em 1918 e a covid-19. Ela sabe muito bem o que está acontecendo no mundo agora. “Ela disse que se lembra que muitas pessoas estavam doentes”, conta Mary.

Nascida em 15 de agosto de 1904, em Lancaster, na Carolina do Sul, Hester Ford teve 12 filhos, 48 ​​netos, 108 bisnetos e 120 tataranetos. Trabalhou em fazenda e também como babá por 20 anos, e durante todo esse tempo dedicou a sua vida ao Reino de Deus.

*Com informações de WCNC

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se