16.9 C
Vitória
sábado, 31 julho 2021

Fase emergencial reduz 10% de passageiros no Transporte Metropolitano

Até o momento, a medida conta com a adesão de 3,7 milhões de trabalhadores

Por Pedro Caramuru e Matheus de Souza (AE)

O governo de São Paulo informou que registrou uma queda média de 10% no volume de pessoas que fizeram uso do transporte coletivo na região metropolitana da capital durante os dois primeiros dias (15 e 16) em que vigorou a fase emergencial – para conter a disseminação do novo coronavírus – em comparação à última semana.

Segundo informou o coordenador do Centro de Contingência da Covid-19 no Estado, Paulo Menezes, no transporte sobre trilhos a queda chegou a até 58% nas linhas de trem da CPTM, de 64% na linhas do Metrô e de 71% nas linhas operadas pela Via Quatro no comparativo entre terça-feira, 16, e março de 2020, usado na referência como um dia típico. O transporte intermunicipal sobre pneus teve redução de 61%.

Conforme reforçou, Menezes pediu para que mais setores façam parte do sistema de escalonamento da entrada de funcionários. Até o momento, a medida conta com a adesão de 3,7 milhões de trabalhadores

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se