25.1 C
Vitória
terça-feira, 20 abril 2021

A família está se perdendo?

No dia da família uma reflexão: “O lugar mais seguro para a sua família é a sua própria família”, afirma o pastor Dinart Barradas

Todo homem e toda mulher nascerão em uma família, isso é bíblico. Ela é instituída por Deus. Mas estamos vivendo a inversão dos valores na sociedade contemporânea. Há uma tentativa de destruir o que foi estabelecido pelo Senhor.

Num mundo que se tornou estranho e até hostil à fé, as famílias cristãs são de importância primordial. O lar cristão é o lugar em que os filhos recebem o primeiro anúncio da fé. Mas ela pede socorro.

“As nossas famílias estão com problemas, são famílias disfuncionais. Nós precisamos resolver essas situações que estão nos sufocando, pois a família é um projeto de Deus”, declarou o pastor Cláudio Duarte.

Para o pastor Dinart Barradas, da Universidade da Família, o mundo se especializou em criar cópias. “Então temos o modelo de família pirateados, que você compra, assimila, adota, mas na verdade é um simulacro daquilo que seria o produto original. É só mais do mesmo com uma sofisticação, com ingredientes novos e com mais simulacros daquilo que seria o plano verdadeiro de Deus”, explicou.

E ele dá um conselho. “Sente, converse e defina o que é importante para vocês enquanto família. Os princípios e os valores de fé, de conduta, de ética, além de procurar pessoas que tem esses mesmos princípios. Isso vai te ajudar muito a ter uma família fortalecida”.

Mandamentos familiares

O pastor Luciano Subirá, do ministério Orvalho ensina que precisamos compreender o propósito divino para a família. “Entender o projeto de Deus nos ajudará a discernir o valor que Ele atribui à família”.

Desde que instituiu a família, Deus a protegeu, dando aos homens leis que deveriam proteger a instituição chamada família. As Sagradas Escrituras estão repletas de mandamentos familiares – ordens divinas acerca da vida familiar.

“Esses mandamentos, se obedecidos, trazem bênçãos sobre a vida daqueles que os praticam. Por outro lado, a quebra desses mandamentos, que denomino “pecados familiares”, também trarão consequências diferenciadas (falarei mais sobre isso num capítulo com o mesmo tema). A ordem divina de honrar os pais, por exemplo, é chamada de “o primeiro mandamento com promessa”, explica pastor Luciano Subirá.

Obedecer aos mandamentos que protegem a família nos farão ser bem-sucedidos em tudo e ainda aumentar nossos dias de vida. Prosperidade e longevidade num pacote só!

A família pede socorro, com Cláudio Duarte

- Publicidade -

Matérias relacionadas

Comunhão Digital

- Publicidade -

Fique Por Dentro

- Publicidade -

Plugue-se