24.7 C
Vitória
quarta-feira, 8 julho, 2020

Falta de perdão é associada a risco de infarto

Mais lidas

Vendas do varejo sobem 13,9% em maio ante abril, revela IBGE

As vendas do comércio varejista ampliado acumularam queda de 8,6% no ano e redução de 1% em 12 meses. Confira!

OMS: Pandemia está acelerando e ainda não atingimos o pico

Apenas no último fim de semana foram registrados mais de 400 mil novos casos da covid-19

Presidente Jair Bolsonaro está com covid-19

Chefe do Executivo havia feito exames ainda na segunda-feira e aguardava os resultados

Pandemia pode afetar a comunhão e a espiritualidade

Pesquisa revela que cultos on line estão impulsionando ainda mais a pregação do Evangelho e que pastores relacionam a pandemia como um sinal do...

O estudo também mostrou que, entre quem infartou, 31% afirmaram ter tido perda significativa da fé

São Paulo – Saber perdoar pode fazer bem ao coração! Uma pesquisa brasileira apresentada na semana passada no 40º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp) apontou uma relação entre dificuldade de perdoar e a ocorrência de enfarte agudo do miocárdio.

“O mundo ocidental se refere ao coração como o centro das emoções”, afirma a psicanalista Suzana Avezum, que tem 36 anos de carreira.

Depois de ter visto na prática os benefícios do perdão para a saúde emocional, Suzana partiu para a pesquisa. De 2016 a 2018, se debruçou no tema, em um mestrado na Universidade Santo Amaro, e focou no risco de desenvolver doenças cardiovasculares.

No estudo, 130 pacientes responderam a dois questionários elaborados pela psicanalista, um para avaliar a disposição para o perdão e outro sobre espiritualidade e religiosidade. Algo que, segundo Suzana, interfere na disposição para perdoar. “Encontrei mais ocorrência de infarto entre aqueles que têm dificuldade do perdão”, afirmou.

A pesquisa também avaliou os efeitos da espiritualidade. “Não foi avaliada nenhuma religião específica, pois, o que seria dos ateus? Tem pessoas que não acreditam em religião alguma e são mais espiritualizadas do que as que têm uma religiosidade rígida”, diz.
O estudo mostrou que, entre quem infartou, 31% afirmaram ter tido perda significativa da fé. Entre quem não teve, o índice foi de 9%.
Exemplos

O empresário Adailton José Gedra, de 59 anos, sofreu um enfarte e um AVC nos últimos 15 anos. Além do estresse do trabalho e de hábitos que favorecem o aparecimento de doenças cardiovasculares, como fumar, ele associa os eventos a mágoas que carregou ao longo dos anos.

“A fábrica quebrou quatro vezes e isso causou um grande estresse. Depois, ajudei algumas pessoas que, quando menos esperava, me apunhalaram pelas costas. Fiquei aborrecido e magoado. Mas, hoje, de coração, penso na minha saúde”, relatou ao jornal O Estado de São Paulo.

Há um ano e meio, a professora Luciana Saad, de 42 anos, chegou a apresentar taquicardia e descobriu no perdão e na espiritualidade uma forma de melhorar. “Fiz um tratamento espiritual e passei a me policiar mais e a não guardar mágoa. Vi que só fazia mal para mim mesma”.

*Com informações de O Estado de S. Paulo.


Leia mais

Perdão: o cristianismo de fato
Perdão é a atitude mais importante no relacionamento

- Continua após a publicidade -

Comunhão Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Artistas cristãos na ação social “Eu Soul VC”

Entre os artistas cristãos confirmados estão Casa Worship, Renascer Praise, André e Felipe, Rebeca Carvalho e Leandro Borges

The send Argentina é adiado para 2021

Em comunicado, os organizadores do The Send disseram que a data exata será definida assim que o governo tiver o poder de reativar eventos maciços

Em agosto, 16º Fórum de Ciências Bíblicas

Com o tema “A Bíblia para as novas gerações”, evento será realizado nos dias 13 e 14 de agosto, no Centro de Eventos de...

Expoevangélica 2020 é adiada para dezembro

Neste ano, a Expoevangélica celebra 15 anos e pretende realizar uma grande festa em Fortaleza (CE).

Plugue-se

Ator TC Stallings relata como conheceu Jesus em documentário

O filme vem após TC Stallings perder sua mãe e avó neste ano. Ele dedicou o documentário à sua mãe que morreu em 15...

Tito e Gabriella e Casa Worship cantam “Máscaras”

Música já está disponível em todas as plataformas de streaming. Tito e Gabriella e Casa Worship gravaram a música ao vivo em Goiânia

“Bíblia de Estudo Swindoll”: mais compreensão e curiosidades

Além de facilitar a compreensão, a "Bíblia de Estudo Swindoll" traz curiosidades sobre o livro mais vendido do mundo

Ungido de Deus: o goleiro gigante na defesa

Um dos maiores pegadores de pênaltis do futebol brasileiro, o goleiro Fábio Maciel, conta o segredo do sucesso em campo. Confira!