21.8 C
Vitória
quinta-feira, 9 abril, 2020

Explosão do Carnaval

- Continua após a publicidade -

Mais lidas

Justiça destina R$ 2,5 bilhões da corrupção para a saúde

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar, ainda, a aplicação de R$ 51 milhões no combate ao novo coronavírus.

Caixa cadastrou 10 milhões benefícios emergenciais em seis horas

A expectativa do banco e encerrar o dia com 20 milhões de benefícios cadastrados. Confira! 

Antes de reunião com Mandetta, Bolsonaro defende, nas redes, uso de cloroquina

O uso dos medicamentos é uma das divergências entre Bolsonaro e Mandetta. O encontro ocorre dois dias depois da ameaça de demissão do ministro ter sido quase concretizada. Saiba mais!

Israel, Páscoa, o Êxodo e a “praga coronavírus”

"No Livro do Êxodo, lemos que 'os israelitas gemeram em sua escravidão e clamaram, e Deus ouviu seus gemidos", disse o presidente de Israel. Confira!

Um destaque este ano em todos os jornais e TV foi a explosão dos blocos ou o carnaval de rua.

De norte a sul, de leste a oeste, milhões e milhões de pessoas se juntaram para a folia. É óbvio que tentei descobrir o motivo (ou motivos), que levou milhões de pessoas à rua no Carnaval.

Seria a falta de grana? Seria um retorno ao século passado, quando isso era normal? Seria a frustração geral com o país e seus políticos? Talvez poderíamos ficar aqui tentando de todo jeito arranjar uma razão para esse aumento, real e verdadeiro. Eu até acredito que alguns experts no assunto encontrarão uma coisa, afinal não falta criatividade nessa área.

Mas eu desconfio de outra razão. A luta entre o mal e o bem é por “terreno”. Se o mal avança, é porque o bem recua. Quando o bem avança, o mal recua. Em toda a história de Israel, esse axioma é verdadeiro e, se essa saga é um exemplo do que ocorre com um cristão, me arrisco a dizer que, se houve uma explosão de foliões no carnaval, é porque a Igreja recuou.

Jeremias questiona: procure pelas ruas, praças, veja se acha alguém que pratique a justiça (Jr 5:1). Isaías complementa que a “verdade anda tropeçando pelas praças e a retidão não pode entrar” (Is 59:14). Não tenho dúvidas, a Igreja está escondida!

Se o diabo está avançando de forma violenta em nosso país (e está), coloco a culpa na Igreja, que covardemente tem recuado. Não temos forças para confrontar, não temos moral para corrigir. Meu medo é que todo esse recuo, além da ação eficaz do diabo, seja ação do próprio Deus “destruindo o próprio pasto deles” (Jr 25:36).

Tem muita igreja brincando com as coisas de Deus. Depois não diga que não falei!


Pr. José Ernesto Conti

- Continua após a publicidade -

Revista Digital

- Continua após a publicidade -

Fique Por Dentro

Live: “As perguntas cruciais a serem respondidas na crise”

Um dos 25 melhores CEO’s dos EUA, Craig Groeschel fará nesta quinta-feira (02), às 10h30, uma Live exclusiva para o Brasil com tradução simultânea

Vigília online ‘Há uma Luz’: um clamor contra o covid-19

Para levar paz e esperança à população afetada pela pandemia global da Covid-19, a plataforma cristã, InChurch, organizou a vigília online “Há uma Luz” nesta quarta (1º).

26 de março: live – Como inovar na igreja em tempos de disruptura

Nesta quinta (26), as 19h, vai acontecer a primeira live da série "O efeito da liderança na crise” com Josué Campanhã, diretor da Envisionar e Thiago Faria

Novo Som faz show online

Devido a quarentena por causa do coronavírus, a banda vai estar ao vivo no sábado (28) a partir das 20h. Será transmitido pelo Instagram e Facebook

Receber notícias

Gostaria de receber notícias em primeira mão? Assine gratuitamente agora:

Plugue-se

Inovação! Kemuel lança primeiro single em inglês

Com participação de Amanda Malela, a versão de “O Teu Amor” dá início a um novo momento na carreira do grupo

Lives, podcasts cristãos, aumento do consumo digital

Em tempos de isolamento social hoje é consumo digital. Cantores e pastores brasileiros usam lives e publicam podcasts com conteúdos específicos para seus membros Em...

Conheça as novas artistas da Sony Music

Amanda Loyola, que é capixaba, foi destaque do quadro de Jovens Talentos do Raul Gil e Thais Castro, que é líder do ministério de louvor da igreja Por Amor de São Bernardo do Campo (SP). Agora as duas integram o time Sony Music

Brasileira cria projeto que conecta pacientes isolados

O projeto "Acortando la Distancia", da brasileira Giovanna Angiolillo, 44 anos, que mora em Madri, na Espanha, ajuda pacientes isolados com coronavírus, a conectar com suas famílias